domingo, setembro 26, 2010

Depoimentos da visita a Biblioteca Nacional

"A visita técnica nos serviu verdadeiramente como um laboratório e num cenário incrível. Muitos se abrilhantaram por departamentos específicos. Conhecer a operacionalidade da BN com certeza ajudou à todos! Parabéns à iniciativa dos Professores envolvidos e a Coordenação da FESP."

Thaíssa Figlia (2º semestre noturno)

"Realmente foi uma ótima visita, maravilhosa experiência, deu para expandir ainda mais nossos horizontes. Agradeço à todos pelas maravilhosas lembranças que me deram de presente nessa viagem. Parabéns à todos os professores!"

Ludmylla Sá (2º semestre noturno)

“A visita à Biblioteca Nacional foi muito interessante, foi apresentado para o grupo algumas áreas em que os profissionais da Biblioteca Nacional trabalham, são bibliotecários que amam sua profissão eles nos passaram com muita convicção os seus serviços. A percepção que observei dos profissionais da BN foi a certeza das informações que foram passados para o grupo, a forma de como eles tratam os livros/documentos até a conservação e preservação, achei muito importante, pois os profissionais analisam até os detalhes, para qual setor vai ser arquivado cada obra. Muitos profissionais dos setores que visitamos souberam contar a história de como as obras chegaram no arquivo e de como devem ser tratados e arquivados, principalmente quando chegam os livros na Biblioteca Nacional, tem sua particularidade e especialidade. Fiquei impressionada quando entramos no depósito onde as obras são condicionadas, a estrutura da Biblioteca Nacional é muito grande, em cada área que visitamos o ambiente é um pouco diferente uma das outras a de Manuscrito é diferente da de Obras Raras, os setores de Restauração e Conservação são arejados a forma de como é restaurado, um trabalho muito bonito, o sistema que eles usam é bastante interessante, a parte onde são lavadas as obras da biblioteca é muito interessante também, a área de digitalização que fica na parte inferior da biblioteca é muito detalhista os serviços destes profissionais, onde cada um faz sua parte.
A importância do cofre onde são acondicionadas as obras digitalizadas após sua digitalização, sendo que todos os profissionais explicaram a importância dos mesmos.
As obras que foram mostradas na área de Manuscritos e Obras Raras, realmente são relíquias que deveriam ser apreciadas por todos.
De tudo, o que eu mais admirei e achei bonito foi a forma de como os profissionais da Biblioteca Nacional se referiam a biblioteca, eles não diziam simplismente biblioteca, mas sim a palavra “casa” isso foi muito gratificante porque é algo diferente eles falavam com satisfação e prazer, e isso realmente foi muito gratificante.”

Daniela Paliotta (2º semestre noturno)

"Realmente a Biblioteca Nacional é o lugar mais importante e magnífico do Brasil. As coisas funcionam, os profissionais trabalham com carinho e amor, sabem cuidar com prazer e satisfação de um acervo sobre nossa história.
Me apaixonei por cada minuto e cada canto que passamos da Biblioteca Nacional, os mais marcantes foram: Conservação e restauro; Manuscritos e Obras Raras. As três áreas são de grande prestígio para se trabalhar, uma vez que, gostaria muito de trabalhar em algumas dessas áreas e se possível naquele lugar lindo, aconchegante, enfim, indescritível. Cada processo feito em conservação e restauro é como se ressucitassem algo que é dado como perda total, os manuscritos são de arrepiar quando se vê obras minuciosas feitas inteiras à mão e obras raras o nome já diz tudo por si só.
As explicações foram bem esclarecidas.
Sem mais, parabenizo a Professora Andréia pela excurssão ótima e perfeita que ela organizou, à todos que participaram, aos profissionais que foram super atenciosos e logicamente ao D. João VI."

Livia Vaz (2º semestre noturno)

5 comentários:

  1. Thaissa, Ludmylla e Daniela, o depoimento de vocês é muito importante, reforça que estamos no caminho certo. Agradeço por compartilharem conosco!

    ResponderExcluir
  2. "Estou no 8º semestre e tive a oportunidade de ir com a turma do 2º; (aliás!turma de total dedicação ao curso) fiquei encantada com cada setor vesitdo na Biblioteca;
    Deixo uma sugestão para que essa visita aconteca novamente no último ano do curso,assim,os alunos que cursaram as disciplinas técnicas fará uma análise comparativa ao conteúdo estudado.
    Parabéns a todos!!!!

    ResponderExcluir
  3. A visita à Biblioteca Nacional foi muito enriquecedora para todos nós.
    Foi realmente um dia de muita cultura, conhecimento, as informações das obras, acervos, Laboratório, Microfilmagem, Restauro, obras Raras, Depósito Legal, a preservação da memória; de como cada funcionário realiza o seu trabalho, a maneira que fomos recebidos e recepcionados, o tratamento, por eles; demonstrando amor, no que cada uma faz ali.
    Foi uma experiência única, de valor intelectual e cultural, que ficará comigo, na minha trajetória acadêmico, profissional, enfim para a vida.
    É uma iniciativa que temos que agradecer a FESP e a disposição da professora Andreia por esta oportunidade, que nós alunos desta Instituição temos.

    Maria Efigenia (2º semestre noturno)

    ResponderExcluir
  4. O que dizer de um lugar lindo, magnifico, mágico... é assim que vejo a biblioteca nacional. Tudo é perfeito, começando pela costrução imponente digna de toda rica informação que se encontra ali.
    A arquitetura é fantástica, uma mistura de vários estilos, fiquei encantada com cada setor, mas os que mais me chamaram atenção foi a seção de obras raras com seus magníficos livros em pergaminhos, manuscritos e decorados em ouro, como o livro de horas que data do século XV (lindíssimo por sinal), e o setor de restauração. É inacreditável como eles conseguem deixar um livro que está praticamente esfarelando em bom estado novamente.
    Outro setor que me fez ficar com lágrimas nos olhos foi o depósito onde ficam os livros. A quantidade de livros que tem lá é absurda, pena que não pudemos ficar ali por muito tempo.
    Enfim, vale a pena separar um dia da sua vida pra visitar esse lugar maravilhoso que conta um pouco da nossa história, sem contar que o Rio de Janeiro realmente é uma cidade maravilhosa.

    Graziela Magalhaes dos Santos (2º semestre noturno)

    ResponderExcluir
  5. Concordo com o depoimento de todos os colegas.
    Todo bibliotecário antes de se formar deveria conhecer a BN e compreender a importância de sua existência.
    Eu que estava encantada com o curso , me sinto ainda mais estimulada a ser uma profissional competente e nunca perder o prazer de ser uma dissiminadora da informação.

    ResponderExcluir