quinta-feira, março 15, 2012

Professora da FaBCI participa de organização de livro

Revistas Científicas


A Prof.a Dr.a Vânia Funaro participa de organização de livro especializado na área. Leia e saiba mais!


A Prof.a Dr.a Vânia Funaro, da Faculdade Escola de Biblioteconomia e Ciência da Informação (FAbCI), participou da organização do livro "Revistas Científicas: dos processos tradicionais às perspectivas alternativas de comunicação".


Com o apoio da Prof.a Vânia Funaro, divulgamos o texto para a orelha do Livro Revistas Científicas, escrito por Prof. Dr. Waldomiro Vergueiro da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo:

Falar sobre revistas científicas no final da primeira década do século XXI pode parecer um paradoxo. Afinal, trata-se de um meio de comunicação surgido na segunda metade do século XVII e que, em termos estruturais, chegou a ser objeto de relativamente poucas modificações. Criado para ser um veículo de troca de informações entre cientistas, foi apenas, ao longo do tempo, acertando as arestas que impediam esse objetivo. Assim, as primeiras “negociações” (em inglês, “transactions”) da comunidade científica inglesa inspiraram novas publicações, nas quais a produção de conhecimento seguia determinados padrões, visando uma comunicação de alto nível. Desta forma, a comunicação científica, por meio das revistas científicas, firmou-se sob parâmetros de objetividade do discurso, originalidade da produção e rigor metodológico, tornando-se a forma por excelência da transmissão do saber científica, especialmente nas ciências puras.

O avanço tecnológico veio refinar alguns dos processos envolvidos na produção de revistas científicas. Hoje em dia, a participação da comunidade científica no processo de produção e avaliação do conhecimento tornou-se mais ágil. Processos que antes levavam meses para ser concluídos – como o envio dos originais, a leitura e avaliação pelos pares, a revisão pelos autores originais, o preparo do material para publicação, etc. -, passaram a ser realizados em muito menos tempo, graças a softwares especializados que gerenciam todos os trâmites administrativos e tornam menor o intervalo entre a submissão de um texto e sua disponibilidade para leitura. A publicação eletrônica veio reduzir ainda mais esse intervalo, uma vez que a fase de impressão pode ser totalmente suprimida. E o que falar, então, dos custos de produção, que decresceram de tal forma, a ponto de um único cientista poder se responsabilizar pela publicação de uma revista científica, realizando praticamente sozinho o controle de todas as etapas da recepção do texto à disponibilização por via eletrônica.

Todos os avanços tecnológicos, no entanto, não trouxeram o xeque-mate para a importância da revista científica como elemento privilegiado de comunicação da ciência. Pelo contrário: é impossível deixar de reconhecer que todos os elementos que tradicionalmente tornaram esse veículo essencial ao processo de comunicação - como a confiabilidade da informação, a objetividade do discurso e a avaliação pelos pares – continuam totalmente válidos. Talvez outras opções surjam, no futuro, que tragam mais agilidade e possibilitem disseminação mais democrática dos avanços do conhecimento humano. Enquanto isso não acontece, discutir a revista científica tanto sob o ponto de vista teórico como prático, apontando as diversas relações que podem ser feitas em torno dela – de sua importância para o progresso da ciência a aspectos terminológicos do discurso científico -, continua uma proposição totalmente atual. E não apenas isso, mas, também, especialmente necessária ao panorama da construção da ciência. É isto o que este livro busca fazer. Em um conjunto de textos bem fundamentados e concatenados, ele intenta – e consegue! - trazer uma contribuição efetiva para todos aqueles envolvidos na elaboração do saber científico no país, iniciando uma discussão que, prometem os organizadores, deverá continuar em dois outros volumes. A ciência brasileira, com certeza, vai agradecer e reconhecer essa inestimável contribuição.

O lançamento será no próximo dia 26 de março. Participe!

Segue mais informações:

Dia: 26 de março de 2012 - segunda-feira, das 19h às 22h.

Local: Livraria da Vila – Lorena

Alameda Lorena, 1731

Jardins, São Paulo – SP

Tel: 11 3062 1063

Nenhum comentário:

Postar um comentário