quinta-feira, abril 12, 2012

As Bibliotecas e a Produção do Conhecimento

Em comemoração aos 30 anos do SiBI, a TV USP produziu uma série de entrevistas com a temática “As bibliotecas e a produção do conhecimento”. Leia o relato de Bruno de Carvalho Trindade, aluno da FaBCI, e acompanhe você tambem!

Bruno de Carvalho Trindade, aluno do 3º semestre matutino da Faculdade de Biblioteconomia e Ciência da Informação (FaBCI), nos concedeu um relato sobre a série de entrevistas "As Bibliotecas e a Produção do Conhecimento". Leia a sua opinião e acompanhe o programa no canal 11 ( universitário) da TV a cabo NET.


Para Bruno de Carvalho Trindade,

A série de entrevistas “As bibliotecas e a produção do conhecimento”, produzida pela
TV USP em parceria com o Sistema Integrado de Bibliotecas (SIBi).Foi idealizada
para fazer parte das comemorações dos 30 anos do SIBi, a série traz o depoimento
de personalidades ligadas direta ou indiretamente à Universidade, comentando sobre
a importância das bibliotecas para a produção do conhecimento. Neste relato segue
a impressão que tive sobre o depoimento do ex-Presidente da República Fernando
Henrique Cardoso, o primeiro programa da série.
Os primeiros contatos de Fernando Henrique Cardoso com os livros foram no Rio de
Janeiro, começou lendo cartilhas, gibi, Monteiro Lobato e depois enciclopédias. Aos 9
anos já habituado a leitura, se mudou para São Paulo.
Já em São Paulo se interessou a ler livros de Graciliano Ramos, José Lins do Rêgo,
depois livros de autores americanos como, por exemplo, John Steinbeck, que publicou o
livro as Vinhas da Ira em 1939, mais tarde passou a ler peças teatrais.
Na USP quando cursou Sociologia (o também sociólogo Florestan Fernandes o
incentivou a estudar Sociologia). Passou a ser um assíduo frequentador da Biblioteca
Mário de Andrade, considerada por ele um lugar sagrado.
Na época universitária Fernando Henrique tinha que encomendar os livros de sociologia
(eram importados), antropologia, porque tinham poucos livros dessas áreas do
conhecimento nas bibliotecas. Os autores que mais influenciaram ele foram: Marx,
Weber, Graciliano Ramos.


Programação 

Programa 1 – Fernando Henrique Cardoso
Estreia: Dia 22/3 (quinta-feira) às 19h

Programa 2 – Flavio Fava de Moraes
Estreia: Dia 5/4 (quinta-feira) às 19h

Programa 3 – Mayana Zatz
Estreia: Dia 19/4 (quinta-feira) às 19h

Programa 4 – Ruy Laurenti
Estreia: Dia 3/5 (quinta-feira) às 19h

Programa 5 – Demi Getschko
Estreia: Dia 17/5 (quinta-feira) às 19h

Programa 6 – Marcelo Tas
Estreia: Dia 31/5 (quinta-feira) às 19h

Nenhum comentário:

Postar um comentário