terça-feira, outubro 23, 2012

Por que me interessei pelo curso de Biblioteconomia

Vânia Funaro
O depoimento da série “Por que me interessei pelo curso de Biblioteconomia?” desta semana relata a história de Vânia Martins Bueno de Oliveira Funaro, Professora da FaBCI. Saiba um pouco mais sobre sua história e o porque ela escolheu o curso de Biblioteconomia e Ciência da Informação.




Bom... minha primeira opção da faculdade foi fisioterapia e nutrição. Como não fui feliz em nenhum dos dois vestibulares e como sempre gostei muito de bibliotecas (frequentava muito no ginásio e colegial a biblioteca pública de Osasco, onde morava) e havia duas primas cursando Biblioteconomia, uma na FESPSP e outra da UFPR, houve um incentivo por parte delas, embora no terceiro ano do colegial eu havia comentado com a professora de português que eu gostaria de ser bibliotecária.

Sempre gostei muito do curso. Fiz excelentes amizades que duram até hoje (me formei em 1982). A Evanda é a única "pro" que restou dos meus anos de faculdade. Minha disciplina favorita era Normalização e Bibliografia (fontes/recuperação da informação nos dias de hoje), ministrada pela minha querida profa. Daysi Pires Noronha que hoje é aposentada da USP. Na minha banca de defesa de doutorado ela foi uma das eaxaminadoras, além de termos um artigo de periódicos e um capítulo de livro escrito juntas. Logo no início do curso eu arrumei um estágio no Colégio Fernão Dias, em Osasco, onde fiquei por 8 meses e aí fui para o IPT, onde permaneci até me formar (abril/1983). Estava procurando emprego quando surgiu a oportunidade de fazer o processo seletivo na USP, na Faculdade de Odontologia, onde passei em primeiro lugar, empatei com uma amiga (que é bibliotecária da Química/USP) mas ganhei dela na prova de inglês... Meu curso foi de três anos e fiquei em DP de Classificação I, foi tanta gente que ficou que foi necessário abrir uma turma especial no sábado...(UFA!).

Espero que possamos formar profissionais que amem a profissão e que façam dela um orgulho de suas vidas, assim como eu tenho. Costumo dizer que na próxima "encadernação" serei novamente bibliotecária. Temos muito ainda que mostrar nossas habilidades neste mercado tão concorrido. Novas atividades são propostas aos bibliotecários e temos que mostrar nosso valor profissional. Bibliotecários são convidados a serem Assistentes Acadêmicos e Administrativos nas universidades públicas, isto mostra nossa capacitação na gestão de processos e produtos. A única coisa que não espero da nossa profissão é a comodidade... devemos lembrar que a graduação é apenas o começo.

Um comentário:

  1. Parabéns pela sua linda trajetória, eu tenho 30 anos ainda não me encontrei profissionalmente, ja iniciei curso de Adm e atualmente estudo Sistemas de Informação e trabalho na area Adiminstrativa, mas confesso que não estou muito feliz, e o curso de Biblioteconomia é algo que me chama a atenção, gosto do ambiente, estou pesquisando bastante a respeito da profissão, estou querendo fazer a fuvest no final do ano

    ResponderExcluir