sexta-feira, dezembro 07, 2012

Monitoria Científica da FaBCI

Em 2013, a Monitoria Científica da FaBCI completará 4 anos de existência. Conheça um pouco mais sobre a sua história!

O ano de 2012 teve como grande objetivo a divulgação da Monitoria Científica. Com a ajuda da monitora voluntária, Taís Mathias, criamos o Facebook da Monitoria e mantivemos a atualização da conta do Twitter. Fechamos o ano de 2012 com mais de 37.000 mil visualizações, com predominância de público no Brasil, Estados Unidos, Holanda, Alemanha e Romênia.

Relato de Valéria Valls, Coordenadora do curso de Biblioteconomia e Ciência da Informação:

Quando ingressei na FaBCI em 2009 havia um mito - que os alunos e professores da Biblioteconomia não tinham muito envolvimento acadêmico. Estava na FESP desde 2003 (na pós-graduação), mas esse foi o meu primeiro contato com a graduação. Essa nova realidade me motivou a pensar a respeito, principalmente porque uma das minhas metas iniciais era finalizar a revisão curricular que havia sido iniciada nas gestões anteriores.
Na época o Núcleo de Pesquisas coordenado pela Profa. Carla Dieguez estava se consolidando e eu me aproximei muito das atividades de iniciação científica. No final de 2009 idealizamos a figura do monitor científico da FaBCI, fiz o edital, a Diretoria aprovou e o Wellington Ferreira aceitou entrar nessa comigo. Foi um desafio para ambos, mas um início excelente. Publicamos um artigo a seis mãos sobre isso, vejam em: http://monitoriafabci.blogspot.com.br/2012/08/ex-aluno-da-fabci-publica-artigo.html
Vejam também o balanço do 1o ano no link http://monitoriafabci.blogspot.com.br/2010/12/balanco-de-2010.html#more
Em 2011, já consolidada, a monitoria contou com a Roberta Gravina e com o Filipe Gabriel (como voluntário). Vejam em: http://monitoriafabci.blogspot.com.br/2011/12/despedida-da-monitora.html#more
Em 2012 entrou a Rebeka Savickas, que está encerrando em dezembro. Nesse número do boletim a Rebeka vai contar um pouco sobre sua experiência.
Espero que 2013 seja o ano da colaboração. Cada vez mais entendo que a monitoria científica é um projeto coletivo, os alunos e os professores devem participar, se envolver, enfim, esse é o sentido da pesquisa científica e da colaboração. Em 2012 iniciamos esse conceito com a participação da Beatrix e do Rafael (matutino) e da Tais (noturno), que ajudaram muito a Rebeka a tocar a monitoria.  
Sinto que os professores e alunos podem e devem participar mais. A monitoria não é do monitor nem da Coordenação, a monitoria é da nossa Faculdade; é do matutino e do noturno, independente do período em que o monitor do ano estiver matriculado.  
Uma das coisas que mais me alegra nessa projeto é a divulgação da nossa Faculdade e do nosso curso. Na FaBCI temos pesquisa sim, além de atividades culturais, projetos belíssimos como o trabalho temático, Centro Acadêmico se estruturando, existem alunos e professores que colaboram muito para o avanço da Biblioteconomia paulista e porque não dizer, nacional! Temos muito conteúdo e os vários canais da monitoria científica podem ajudar nessa divulgação.
A partir do estímulo da monitoria nossos alunos publicaram mais artigos, participaram de mais eventos e a participação no PIBIC e nos seminários de pesquisa também foram incrementadas. É claro que não foi só por causa da monitoria mas ouso dizer que ela teve seu "dedinho de participação".  
Que venha 2013 com novos desafios para esse e para os demais projetos da FaBCI.


Relato de Wellington Ferreira Rodrigues, Monitor Científico 2010:


O início dos trabalhos com o blog começou de uma forma simples, o objetivo era alcançar de uma forma direta e simples a comunidade FaBCI/FESPSP. Em alguns posts e páginas utilizávamos o Slideshare e o Google Agenda, além da divulgação via Twitter e Boletim da Monitoria. Não nos preocupamos com o leiaute das páginas e dos posts, como era o primeiro ano de trabalhos da Monitoria, a preocupação era com o conteúdo e divulgação.

Relato de Roberta Gravina, Monitora Científica 2011:


Acompanhei de perto o trabalho do Wellington durante o primeiro ano da monitoria e desenvolvi um enorme interesse pelas possibilidades que essa atividade poderia trazer à minha carreira profissional. O desenvolvimento acadêmico e a busca por novas informações me motivaram a concorrer ao primeiro edital de seleção. Passei! E agora? O primeiro monitor já havia realizado um excelente trabalho e eu precisava dar continuidade e visibilidade ao que estávamos fazendo. Reestruturei o leiaute do nosso blog, melhorei os canais de comunicação e, com a ajuda do Filipe, participamos mais ativamente de eventos para a divulgação do que estava acontecendo aos nossos colegas. Me sinto muito feliz por ter tido a oportunidade de participar desse projeto e ter aprendido tanto com a Valéria e meus colegas... Dá trabalho, mas é gratificante ver o envolvimento de todos e o reconhecimento no final do caminho.

Relato de Rebeka Savickas, Monitora Científica 2012:

Ao chegar na Monitoria Científica me deparei com uma estrutura organizada e uma equipe preparada. Tanto a Valéria, quanto os monitores Wellington e Roberta me acolheram de uma forma que o projeto só poderia crescer e dar certo. Agradeço a Valéria Valls, Roberta Gravina, Wellington Rodrigues, Taís Mathias, Rafael Reche, Beatrix Gussonato e Filipe Gabriel. Sem vocês a história não seria a mesma. Ao próximo Monitor/a desejo um bom trabalho e que saiba: uma vez Monitor, sempre Monitor  :)

Um comentário:

  1. Poxa, lendo esse post senti uma curiosidade imensa em saber mais sobre a monitoria científica. Todos que dela participam, transmitem tanta paixão e interesse pela Biblioteconomia, que cada vez mais acredito que fiz a escolha certa depois de tantas outras.

    ResponderExcluir