sexta-feira, novembro 08, 2013

Contos Novos com sangue novo

Mário de Andrade
Os trabalhos temáticos do primeiro semestre de 2013 partiram do mundo andradino de Contos Novos. Os alunos do segundo semestre receberam o desafio de, em sua estreia no curso de Biblioteconomia, desenvolverem um ensaio como resultado da leitura de “Contos Novos”, de Mário de Andrade. O autor modernista deu o start para relações com a influência cultural francesa, a figura do flâneur, o galicismo das elites, condições de trabalho, a cidade de São Paulo e até o caipira de Monteiro Lobato.


Isabela Moreira Martins, que focou nas relações de trabalho, explica seu processo de criação: “Estava procurando coisas novas, tanto na faculdade como no trabalho. Aí, pensei: trabalho!. Dei uma pesquisada e tinham dois contos que falavam mais ou menos sobre trabalho e lendo e re-lendo descobri relações de trabalho.”

Passar para o papel as ideias, todo mundo sabe, pode ser a parte mais complicada de uma produção textual. Isabela usou uma estratégica muito antiga e que ainda funciona: “Fiz uma cópia dos dois contos e rabisquei tudo, extraindo frase por frase.”

Isabela Moreira Martins
A aluna ressalta que não teve muitas dificuldades depois que o tema já havia sido definido. “Dificuldade para escrever eu não tenho. Tive mais dificuldade em tirar o excesso do que em escrever.” Isabela também contou com todo o suporte dos professores, incluindo as orientações do professor Ivan Russeff e da professora Carla Diéguez:“Como a professora Carla foi ajudando nas etapas, (primeiro tem o tema, depois a pesquisa bibliográfica, depois a estrutura do trabalho), foi uma orientação completa”.

E valeu o desafio, Isabela? “A ideia do trabalho temático é muito legal por que você vai além do ler, apenas. É o ler criticamente, e tentar desenvolver uma ideia a partir daquilo. No geral, eu gostei muito”, conclui, entusiasmada, a aluna.



Conheça os trabalhos temáticos escolhidos pelos professores, coordenados pelo professor Ivan Russeff,  no site da FESPSP.

Nenhum comentário:

Postar um comentário