domingo, dezembro 15, 2013

ESPECIAL TCC: alunos apresentam seus trabalhos


Professora Rosa Crespo e Cristiane Laudemar comemoram
“A banca deliberou sobre o seu TCC e você está aprovado!” Quem ouviu esta frase ao final de sua apresentação de TCC nesta última semana não conseguiu conter a emoção. Foi o grande momento de fechamento de um curso de graduação, que premiou longos anos de dura rotina de trabalho e estudo. Todo o conhecimento adquirido ganha significado na apresentação de uma pesquisa. Faz o pensamento científico do aluno ser lido, ouvido e disseminado entre seus pares.

Uma variedade de temas jogou mais luz nas discussões da área e expôs a Ciência da Informação em sua forma bruta, de pesquisa, para os recém-formados bibliotecários.

A professora Adriana Souza percebeu um avanço nos temas. “Achei que houve uma evolução das temáticas dos trabalhos. Há muito não se via um trabalho sobre classificação, por exemplo. O Millian (Millian Piche, veja abaixo) questionou os sistemas de classificação tradicionais, em comparação com os sistemas de classificação particulares, ou seja, aqueles que são adaptados tanto para a instituição quanto para o público a que destinam. Outro ponto positivo foi o consenso da banca. Antes, a banca era muito livre e muito autônoma, e este ano senti maior integração”, afirmou a professora.

Professor Henrique Ferreira
O professor Henrique Ferreira faz outros apontamentos: “Penso que os TCCs deveriam se concentrar no período noturno, independente do turno em que o aluno estude, pois de manhã foi difícil para os professores e até para os próprios colegas acompanharem. Estamos no final de semestre, podemos encontrar alguma forma de instituir isso no calendário para a gente ter um debate maior, maior quórum, maior exposição”, sugere.

Tanto a professora Adriana Souza quanto o professor Henrique lamentam que o número de alunos dispostos a apresentarem seus trabalhos foi menor que o esperado. “Tivemos muitos alunos que não apresentaram seus trabalhos, e trabalhos de grande conteúdo. E a gente se pergunta: o que aconteceu? Eu sempre incentivo a apresentação, mas eu respeito a posição do meu orientando. Mas, é nosso dever, enquanto docentes na academia, incentivar a apresentação, por que é o fechamento do trabalho, senão fica incompleto. E o que a gente percebe enquanto banca: que eles crescem no trabalho como um todo. Se houve alguma dificuldade na produção textual, na apresentação eles ganham” diz a professora, corroborando a tese de que na apresentação se superam obstáculos por que o aluno têm voz para justificar suas escolhas durante o processo de pesquisa.

“Quem decide apresentar sai lucrando demais por que tem a condição de mostrar o trabalho, de defendê-lo, literalmente. Você pode contra-argumentar com o professor, que é um conhecimento enorme, uma evolução muito grande. Se o seu trabalho escrito não estiver tão bom, a apresentação salva o TCC. E você ainda tem a chance de re-escrever o trabalho, pois recebe um feedback”, explica o professor Henrique.


Nervosismo? Sim, é fatal. Mas, a felicidade de ter o trabalho plenamente concluído é muito compensadora. Que o digam os sorrisos e lágimas que emocionaram o público nas apresentações dos alunos Grazielli de Moraes, Denis Maimoni, Luiza Wainer, Kelly Cantillano/ Natalie Kelly Sugisawa e Cristiane Laudemar. É o verdadeiro momento do aluno, em que ele se apodera do caminho que construiu com seus professores e colegas.


As apresentações

Victor Celestino Nunes abriu os trabalhos no dia 03 de dezembro. Na banca, as professoras Valéria Valls e Evanda Verri Paulino. Com o título “Escolha da profissão: a trajetória do aluno até a Biblioteconomia”, Victor investigou o perfil do aluno de Biblioteconomia da FESPSP no tocante à origem acadêmica, relações com o mercado, expectativas profissionais, idade, sexo, entre outras. No panorama final, Victor construiu um ingressante feminino, entre 20 e 25 anos e que vê boas perspectivas na carreira por já está inserido no mercado. Vitor, sob orientação da professora Anna Silvia Rosal de Rosal, foi aprovado pela banca.

Para receber o áudio desta apresentação, envie um email para monitorcientificofabci@fespsp.org.br.

Leia também:

Fechando a primeira semana de TCCs, Grazielli de Moraes Silva fez uma das  apresentações mais
Grazielli fez uma apresentação emocionante
emocionantes e comoveu banca e público com sua sensibilidade na execução de seu trabalho, considerado um dos melhores pela banca e publicamente já encaminhado para a Biblioteca da FESPSP, portanto, merecedor de, no mínimo, nota 9,0. Com o título “Modelo de gestão para bibliotecas comunitárias” e orientação da professora Carla Diéguez, Grazielli explorou soluções de gestão para a tipologia de bibliotecas comunitárias. Na banca, as professoras Tânia Callegaro e Evanda Verri Paulino parabenizaram a aluna por uma pesquisa rica e muito completa, inclusive com vivências relevantes para o resultado final, já que Grazielli montou uma biblioteca comunitária em um abrigo para menores em São Mateus. A professora Carla Diéguez, por sua vez, plenamente satisfeita com o desempenho de sua orientanda, afirmou ter sido abençoada ao ser escolhida por Grazielli, que mostrou dedicação e seriedade do princípio ao fim do processo de pesquisa.

Para receber o áudio desta apresentação, envie um email para monitorcientificofabci@fespsp.org.br.

Leia também:
Abrindo a semana com maior concentração de trabalhos, as alunas Camila Zacharias Pinheiro Matos, Jaqueline Rodrigues da Silva a Rejane Tavares Oliveira de Jesus apresentaram na segunda, dia 09, na parte da manhã sua pesquisa sobre interiores de bibliotecas com o título “Design de interiores em Bibliotecas”, sob orientação da professora Adriana de Souza. Na banca, as professoras Vânia Funaro e Evanda Verri Paulino. As alunas tiveram o trabalho aprovado e a recomendação para continuarem a estudar o tema.

Para receber o áudio desta apresentação, envie um email para monitorcientificofabci@fespsp.org.br.

Á noite,  a empresa júnior foi o tema com Kelly Morais Cantillano e Natalie Kelly Akemi Souza Sugisawa, sob orientação da professora Valéria Valls. “A Empresa Júnior nos cursos de Biblioteconomia” foi discutido pela banca composta das professoras Adriana Souza e Adriana Abraão. A escassez de fontes de pesquisa sobre o tema tornou a pesquisa mais relevante e o trabalho foi aprovado pela banca. A emoção das alunas foi contagiante e o público aplaudiu com entusiasmo o resultado.

Para receber o áudio desta apresentação, envie um email para monitorcientificofabci@fespsp.org.br.

Denis e profa Valéria Valls
A seguir, Denis Maimoni apresentou “A sustentabilidade e as bibliotecas comunitárias: possível implementação”, sob orientação da professora Evanda Verri Paulino. Na banca, os professores Henrique Ferreira e Fernanda Brito. Mais uma vez, muita emoção em uma pesquisa muito bem conduzida e com um tema inédito, com aprovação unânime pela banca.




Para receber o áudio desta apresentação, envie um email para monitorcientificofabci@fespsp.org.br


Finalizando a primeira noite, um assunto pouco abordado em TCCs: “Biblioterapia: um modelo de projeto para unidades de informação”, das alunas Ana Paula Cavalcante e Selma de Souza Pereira, com orientação da professora Evanda Verri Paulino. Na banca, as professoras Adriana de Souza e Anna Silvia Rosal de Rosal.

Para receber o áudio desta apresentação, envie um email para monitorcientificofabci@fespsp.org.br

Na terça feira, um dia muito concorrido, com um grande volume de apresentações: oito no total, distribuídas em duas na parte da manhã e seis à noite, divididas em duas salas.

Taís Bushatsky
A aluna e pesquisadora do PIBIC Tais Bushatsky Mathias mostrou seus resultados da investigação sobre o “Panorama sobre práticas pedagógicas no Ensino de Biblioteconomia no Brasil: a experiência da FABCI/FESPSP” em que abordou principalmente a inserção do trabalho temática na prática pedagógica do curso de Biblioteconomia e Ciência da Informação da FESPSP.

Com orientação da professora Valéria Valls, Taís trouxe conclusões positivas sobre a aplicabilidade da prática de trabalho temático desenvolvida no primeiro ano do curso, com seu caráter transdisciplinar. Na banca, os professores Ivan Russeff e Carla Diéguez elogiaram o porte da pesquisa, aprovada e recomendada para a biblioteca da FESPSP.

Para receber o áudio desta apresentação, envie um email para monitorcientificofabci@fespsp.org.br

Ainda na manhã, um tema de mercado “Gestão da informação tecnológica: Aplicação em uma multinacional petroquímica”, com Beatrix Gussonato Gabrielli, também orientada pela professora Valéria Valls. Na banca, a professora Adriana Souza e o professor e especialista em mercado de petróleo Hermenegildo Grein. A pesquisa foi aprovada e a banca recomendou que a aluna produzisse um artigo a partir de suas conclusões.

Leia também:

À noite, as duas salas com apresentações paralelas trouxeram dúvidas cruéis ao público que queria acompanhar todos os assuntos: qual escolher?

Em uma sala, temas relacionados à políticas culturas, música e cultura em geral, com a discussão do papel dos acervos e bibliotecas dos Museus de Arte Sacra e MASP.

Foram os trabalhos: TCC: “Museu de Arte Sacra de São Paulo e sua respectiva biblioteca: interação necessária”, de Jéssica Melissa Poquini e Lívia Dias Vaz, sob orientação da Professora Tânia Callegaro, tendo a banca composta pelas professoras Andréia Silva e Fernanda Brito;  Luiza Wainer e “Pietro Maria Bardi na Biblioteca do MASP: estudo sobre a representação descritiva do acervo de publicações seriadas”, tendo como orientadora a professora Concilia Teodosio e na banca as professoras Andréia Silva e Maria Rosa Crespo e a “Catalogação de documentos musicais”, de Aline Cristini Cambur e banca formada pelas professoras Adriana de Souza e Fernanda Brito. Todos os trabalhos foram aprovados.

Arquivos, visão de usuários e discussão moral do bibliotecário foram temas apresentados em outra sala.
Antonieli, prof Charlley e Winderson
O professor Charlley Luz orientou Antonieli dos Santos Alves e Winderson Jesus Gomes em “Os arquivos e os instrumentos da gestão documental”. Na banca as professoras Márcia Pazin e Rachel Bueno discutiram a abrangência da pesquisa e deram sua aprovação.





Para receber o áudio desta apresentação, envie um email para monitorcientificofabci@fespsp.org.br
Em seguida, sob a orientação do professor Ivan Russeff, Éderson Ferreira Crispim promoveu uma discussão sobre “O sentido deontológico profissional do bibliotecário” com as professoras Maria Rosa Crespo e Carla Diéguez, que compunham a banca. O trabalho do aluno recebeu elogios da professora Carla Diéguez por estar impecável quanto às normas de formatação da ABNT e foi aprovado pela banca.

Para receber o áudio desta apresentação, envie um email para monitorcientificofabci@fespsp.org.br
Encerrando a grande movimentação da noite, “A percepção dos usuários dos Bosques da Leitura” com Aline Terra Ferreira e Rosana Aparecida Santana, orientadas pela professora Maria das Mercês Pereira Apóstulo e banca formada pelas professoras Vânia Funaro e Tânia Callegaro, que aprovou o trabalho das alunas.

A quarta feira anunciou que a maratona de apresentações ainda reservaria trabalhos de excelência.

De manhã, as professoras Vânia Funaro e Maria Rosa Crespo compuseram a banca para “O Centro de Recursos para a Aprendizagem e Investigação (CRAI): um novo modelo de  biblioteca universitária”, de Flávia de Deus Silva, Paula Watanabe Martins e Rebeka Lopes Savickas, com orientação da professora Valéria Valls. O trabalho foi aprovado com recomendação para ser encaminhado para a biblioteca da FESPSP.

Para receber o áudio desta apresentação, envie um email para monitorcientificofabci@fespsp.org.br


Seguiu-se Vilma Silva Batista e um “Manual de procedimentos para Bibliotecas”, apresentado à professora
Profa Evanda e Vilma
Valéria Valls e à Rosa Maria Beretta, gerente de informação da Biblioteca da FESPSP. Sob orientação da professora Evanda Verri Paulino, Vilma mostrou o passo-a-passo na execução das atividades de catalogação e atendimento tendo como cenário de aplicação a biblioteca da faculdade. Muito elogiado, tanto o produto final, o manual em si, como o seu embasamento textual, foram discutidos em sua possível aplicabilidade. O trabalho foi aprovado e recomendado para encaminhamento para a biblioteca da FESPSP.

Para receber o áudio desta apresentação, envie um email para monitorcientificofabci@fespsp.org.br

Ao fim da manhã, “Biblioteca pública: relatos de experiência” com Léia Kássia Nascimento Barbosa e orientação da professora Evanda Paulino. Na banca, a professora Valéria Valls. O trabalho foi aprovado pela banca.

A noite começou com literatura afro infantil brasileira: “O Bibliotecário e a Disseminação da Literatura afro infantil brasileira”, de Tanúsia dos Santos do Nascimento, orientada pela professora Marcia Pazin. Os professores Maria Mercês Apóstolo e Paulo Vasconcelos compunham a banca e aprovaram o trabalho da aluna Tanúsia.

Entrando na seara de tecnologia, “Identificadores persistentes e preservação digital: aplicabilidade do DOI”, com Érica Ayumi de Araújo Ike e Odílio Hilário Moreira Junior, orientados pelo professor Henrique M. C. Ferreira. Na banca, os professores Francisco Lopes e Vânia Funaro, que  aprovou o trabalho e recomendou que fosse encaminhado para a biblioteca da FESPSP.

Para receber o áudio desta apresentação, envie um email para monitorcientificofabci@fespsp.org.br

A seguir, Kelly Dayane da Silva jogou luz em um aspecto das redes sociais: “Facebook, Humor e Informação: análise de discurso e disseminação da informação em páginas de humor do Facebook”, sob orientação do professor Ivan Russeff e banca formada pelos professores Vânia Funaro e Paulo Vasconcelos, que não pode comparecer. O trabalho foi aprovado pela banca.

Para receber o áudio desta apresentação, envie um email para monitorcientificofabci@fespsp.org.br
Quinta feira: indexação, classificação e catalogação estavam entre os temas apresentados.
Logo cedo, Deborah Evelyn Pereira Azevedo e Rafael Lopes dos Reis, orientados pele professora Andréia Gonçalves, expuseram “Indexação de imagem em movimento no contexto dos jogos de futebol Andréia”. A banca estava formada pelos professores Henrique Mariano Coimbra e Paulo Vasconcelos, que aprovaram a pesquisa.

Millian Felipe Batista Piche, orientado pela professora Andréia Gonçalves, apresentou em seguida o seu “Sistemas de classificação tradicionais” para a banca formada pela professoras Adriana de Souza e Concilia Teodósio. A pesquisa gerou interessante debate que envolveu também o público presente e o trabalho foi aprovado e recebeu recomendação para encaminhamento para a biblioteca da FESPSP.

No final da manhã, “Ver, ler, brincar: a pesquisa etnográfica e o comportamento informacional infantil”, de Lilian Diego Moraes e orientação do professor Ivan Russef. Na banca, as professoras Maria Mercês Apóstolo e Sara Ezedin aprovaram o trabalho.

Á noite, a professora Adriana Souza orientou Filipe Gabriel do Prado e Oliveira e Rodrigo Martins Garcia na pesquisa “Ressignificando a catalogação na atualidade: necessidade ou urgência?”. Na banca, as professoras Concília Teodósio e Andréia Gonçalves Silva aprovaram o trabalho dos alunos.

Para receber o áudio desta apresentação, envie um email para monitorcientificofabci@fespsp.org.br
Finalizando a quinta feira, Natashe Ferreira mostrou “RDA: O processo de implantação”, orientada pela professora Concília Teodósio. Na banca, os professores Adriana Souza e Henrique Ferreira aprovaram o trabalho de Natashe.

Para receber o áudio desta apresentação, envie um email para monitorcientificofabci@fespsp.org.br

Na última noite de apresentações de TCC, mais emoção com falas categóricas e bastante significativas.
Ana Cristina Martins
As leituras possíveis do cinema documentário sob o olhar de Ana Cristina foram lançadas em “O cinema documentário como fonte de informação: registros para estudos sociopolíticos e culturais”, sob orientação da professora Tânia Callegaro.
Maria Mercês Apóstolo e Isabela Pereira formaram a banca que aceitou debater as questões levantadas por Ana Cristina, entre elas a necessidade do profissional de informação se capacitar para gerenciar um acervo de filmes documentários. O trabalho foi aprovado pela banca.
Para receber o áudio desta apresentação, envie um email para monitorcientificofabci@fespsp.org.br
A presença do Núcleo Clóvis Moura foi festejada como valoroso contribuinte da formação de alunos, professores e funcionários da comunidade FESPSP em “Núcleo de pesquisas biblioteca Clóvis Moura: acervo e trajetória”, de Cristiane Laudemar Rodrigues. Sua orientadora, professora Maria Rosa Crespo, e as professoras da banca, Maria Mercês Apóstolo e Carla Diéguez, construiram com Cristiane outra emocionante apresentação. Ao final de sua apresentação, Cristiane Laudemar Rodrigues foi aplaudida de pé e ovacionada ao ser aprovada pela banca.

Para receber o áudio desta apresentação, envie um email para monitorcientificofabci@fespsp.org.br

Leia também:

Andreia Santos encerrou a semana de TCCs
Encerrando as apresentações dos TCCs de 2013, Andréia Maria dos Santos expôs sua pesquisa sobre “Livro ilustrado Infantil: elemento de construção”, também orientada pela professora Maria Rosa Crespo. A banca composta pelas professoras Maria Mercês Apóstolo e Márcia Pazin aprovou o trabalho e emocionou a aluna no fechamento dos TCCs de 2013.




Veja mais fotos aqui.













4 comentários:

  1. Parabens Aninha e Thais.Pelo TCC e pelas apresentações.

    ResponderExcluir
  2. Assisti algumas apresentações, foram emocionantes e enriquecedoras, pena que os horários matutinos dificultaram a presença, mas valeu. Parabéns a todos! Bjs

    ResponderExcluir
  3. Como eu faço para ter acesso a esses TCCs? Os temas são ótimos e inovadores! Parabéns a todos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Roselene e Giseli, obrigada pelas participações.
      Alguns TCCs estarão disponíveis na biblioteca da FESPSP no primeiro semestre do ano que vem e vamos divulgar aqui quando isso ocorrer. Um bom ano novo a todas vocês!

      Excluir