sexta-feira, dezembro 06, 2013

Especial TCC: Lívia e Jéssica e a interação museu-biblioteca

Jessica e Lívia
Uma investigação sobre a interação entre museu e sua biblioteca é o tema das alunas do oitavo semestre noturno, Lívia Vaz e Jéssica Poquini. Estudando o Museu de Arte Sacra de São Paulo, levantaram as práticas que unem ou que distanciam o museu de sua biblioteca, veja na entrevista abaixo:





MC: Qual é o tema do seu TCC?

LÍVIA: O nosso tema é o Museu de Arte Sacra de São Paulo e a sua respectiva biblioteca: a interação necessária. Pesquisamos como funciona o trabalho de interação entre a biblioteca e o museu. Fizemos entrevistas diretas com o Cláudio Severino de Oliveira, bibliotecário,  e o Supervisor de Ação Cultural do Museu de Arte Sacra. Se vocês lerem as conclusões vocês vão saber como acontece essa interação.

MC: Qual é a hipótese de vocês?

LÍVIA: Queríamos saber se a biblioteca consegue não só armazenar os livros e os materiais que têm no acervo, mas também se ela participa do funcionamento do Museu. Como o Museu é de renome, muito conhecido, queríamos saber como é a participação da biblioteca junto do Museu, se ela não só disponibiliza o teórico para exposições, mas também se ela participa de palestras e oficinas.

MC: O Museu está no roteiro turístico de São Paulo. A biblioteca também?

LÍVIA: Não. Como é uma biblioteca especializada, quem frequenta a biblioteca são pesquisadores da área. E o Museu é tombado, não tem como ampliá-lo e todo o seu espaço é utilizado para as exposições. A biblioteca fica a duas quadras, em outro espaço físico. Então, quem frequenta o Museu não vai se locomover até a biblioteca para conhecê-la. A biblioteca é participativa, mas está à parte do Museu.

MC: Quem é o orientador de vocês?
LÍVIA: A professora Tânia Callegaro.

MC: O que vocês leram?

LÍVIA: Na nossa bibliografia lemos Milton Santos, Renato Ortiz, muita coisa sobre museologia, gestão, tudo muito focado em cultura, patrimônio histórico, cidadania, globalização.

MC: O que chamou a atenção de vocês?

LÍVIA: Milton Santos e Renato Ortiz. No desfecho, o Milton Santos foi o principal do nosso trabalho.

MC: Vocês vão apresentar em congressos no ano que vem, participar de prêmios, etc?
LIVIA: Pretendemos sim, porque queremos fazer pós e mestrado nessa área de cultura e patrimônio cultural.


Um comentário: