domingo, setembro 28, 2014

Palestra: Bibliotecas para Educação e Inclusão Social

Na segunda-feira, 22 de setembro, a bibliotecária escolar e ex-presidente da Associação Americana de Bibliotecários (American Librarian Association – ALA), Barbara Stripling, marcou sua presença na Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo (FESPSP) com a palestra: Bibliotecas para Educação e Inclusão Social.




Barbara apresentou sua experiência nas bibliotecas americanas e o que seriam as novas atitudes que tornam a biblioteca, além de uma unidade de informação, um centro da comunidade.
A palestrante destacou a importância de valorizar a diversidade da comunidade, estimulando a inclusão dentro dos costumes americanos, porém, sem perder a essência de suas raízes culturais (principalmente aplicado a imigrantes).

Barbara também relatou sua experiência com adolescentes, discursando sobre a necessidade de dar voz a esse publico, valorizando suas ideias, duvidas e opiniões, tornando a biblioteca um local de produção artística e cultural.

Para atingir ao seu público às vezes é necessário romper barreiras, saindo da biblioteca e entrando na comunidade, descobrindo suas necessidades e como a Unidade de Informação pode atende-las, empoderando seu usuário e dando voz ao mesmo, o que gera curiosidade e estimula a vontade do aprendizado.


Barbara terminou sua palestra dizendo como as ações culturais, a empatia e a liberdade intelectual é importante e deve ser estimulada, tornando a biblioteca um local atraente ao público e parte da comunidade. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário