sábado, maio 09, 2015

Coluna Música e Livros por Bruno Carvalho



Música e Livros é uma coluna escrita por Bruno Carvalho, ex-aluno de Biblioteconomia da FESPSP, que fala a respeito de bandas e o que elas leem, mostrando que música e livros tem tudo a ver!
Este mês Bruno entrevista Drenna, vocalista da banda que leva seu nome.

Quando começou a se interessar por música? Quando a banda começou? Fale um pouco sobre a história da banda, da origem do nome quem são as integrantes, etc...

(Da esquerda para a direita) Junior Macedo,
Bruno Moraes, Milton Carlos e Drenna
Desde pequena, sempre me interessei muito por música, gostava de ficar ouvindo música o dia inteiro, até um dia que ganhei meu primeiro violão e então me apaixonei pelo mundo da música.

A banda começou realmente em meados de 2009 quando resolvemos entrar de cabeça na proposta e começamos a gravar o nosso primeiro álbum. Mas antes chegamos a fazer alguns eventos esporádicos com o nome provisório “Projeto Drenna”. No início de 2010 lançamos nosso disco que foi gravado no Estúdio Observatório de Ecos. Foi quando íamos fechar a arte da capa desse disco, que decidimos mudar o nome de Projeto Drenna para Drenna. Depois de muita estrada, e muito aprendizado, resolvemos entrar em estúdio novamente em 2013 e lançamos nosso EP em 2014 intitulado como “Verdades”. Estamos focados em fazer mais e mais músicas, pois, entraremos em estúdio novamente esse ano.

Na banda nós temos: Junior Macedo na guitarra, Bruno Moraes no baixo, Milton Carlos na bateria e eu (Drenna) na guitarra e nos vocais.


Tem alguma música sua que fala de algum livro? Ou alguma música que tem trechos de livros?
Recentemente fiz uma música em parceria com a Roberta Dittz da banda 
Canto Cegoque foi inspirada em um livro chamado: Vidas Secas do 
Graciliano Ramos.

Essa música conta a história de pessoas que vieram do interior para a cidade grande em busca da realização de seus sonhos e em busca de uma vida mais digna, mas estas acabam se perdendo na rotina do dia a dia.


Qual livro está lendo atualmente?

Atualmente estou lendo a biografia do grande guitarrista Eric Clapton. Uma inspiração para quem gosta de música.


Fale um pouco da cena de rock no Rio de Janeiro, Baixada Fluminense atualmente...

Estamos vivendo algo novo por aqui. A um tempo atrás existia uma grande concorrência entra as bandas, a cena do Rio estava totalmente apagada, nada acontecia. Em meados de 2013 começamos a fazer um evento na Lapa chamado Engaja Rock que visava abrir espaço para bandas autorais, nós fazíamos uma abertura e depois entrava uma banda convidada. Nesse mesmo período outras bandas estavam fazendo seus próprios eventos, afim de melhorar o cenário. Foi então que o produtor Felipe Rodarte (Toca do Bandido) resolveu reunir essa galera para dar uma engrossada no caldo e incentivou que uma banda começasse a ajudar a outra e a dar suporte. Hoje em dia, posso te dizer, existe de fato uma cena no RJ, ela está viva e pulsante. A cada dia que passa, tem cada vez mais bandas de qualidade surgindo e lugares que não era permitido música autoral estão tendo essa abertura. Há muita coisa para conquistar, mas já demos grandiosos passos.


Como foi tocar no Festival Roque e Pense?

Foi incrível! A organização do evento deu um show. As bandas eram ótimas, a estrutura perfeita. E o local escolhido não podia ter sido melhor. O público fortaleceu, mesmo em baixo de chuva. Para mim tinha que ter um festival como esse todo mês.


Como está a agenda de shows? Vão tocar em outros Estados?

Maio está uma loucura. Fomos selecionados pra tocar no Rio Banda Fest que será no dia 02 no Aterro do Flamengo (RJ), dia 08 e dia 09 faremos nosso primeiro show internacional em Puerto Iguazú (Argentina), dia 13 tocaremos na Exposição da rádio Fluminense a Maldita 3.0 que será no Teatro popular Oscar Niemeyer em Niterói (RJ), dia 15 vamos estar em Porciúncula (RJ), dia 16 em Paracambi (RJ), dia 21 no Durangos (RJ), dia 22 em Chiador (MG), dia 23 em Barra de São Francisco (ES), dia 29 na Arena Jovelina Pérola Negra na Pavuna (RJ), dia 30 em Itaboraí (RJ) e dia 31 em Além Paraíba (MG)!

Fique à vontade para deixar uma mensagem aos leitores do blog, indicar livros, falar sobre a banda...

Primeiramente quero agradecer a vocês do blog Monitoria pela a oportunidade de estar mostrando um pouco mais do nosso trabalho. E convido a todos a entrar no nosso site, ouvir nossas músicas e ir a um de nossos shows.

www.drenna.com.br

Conheça, compartilhe e apoie a cena, ela está viva e espera por você.  #Acenavive

Nenhum comentário:

Postar um comentário