domingo, novembro 22, 2015

Aconteceu na FaBCI: Seminário Tendências contemporâneas na área de Biblioteconomia e Ciência da Informação

Pelo 3º ano consecutivo foi realizado o Seminário “Tendências contemporâneas na área de Biblioteconomia e Ciência da Informação” na disciplina Tópicos Avançados em Gestão da Informação e do Conhecimento (6º semestre), da Profa. Valéria Valls.

Anos anteriores:

  • Seminário Tendências 2014 (turma 2014) - Clique aqui.
  • Tendências hoje em Gestão da Informação e do Conhecimento (turma 2013) - Clique aqui.


O seminário finaliza uma proposta de trabalho que abordou ao longo do semestre vários processos e áreas de atuação do bibliotecário, por exemplo, a Gestão da Informação, a Gestão do Conhecimento e a Inteligência Competitiva, a Gestão da Inovação, o Empreendedorismo e a Consultoria na área, a Responsabilidade Social do bibliotecário, além de aspectos sobre sua formação continuada e os movimentos associativos e os Órgãos de representação profissional.

O Seminário, portanto, é a “cereja do bolo”, da disciplina, ou seja, é a oportunidade dos alunos identificarem no mercado de trabalho um bibliotecário atuante em uma das áreas estudadas ou em outras áreas, desde que seja algo inovador e “fora da caixinha”!

Esse ano foram 10 trabalhos apresentados:

- Matutino:

-- Booktuber (Gabriela Pedrão) por Andrezza, Rodolpho e Sthéfani

-- Educação Médica Continuada (Sheila Silveira) por Priscila e Carlos Augusto

-- Banco de Imagens (Laura Del Mar) por Marcos Issa


- Noturno

-- Inteligência Competitiva (Camila Meneghetti) por Andressa, Iandra, Karin Bezerra e Thalita

-- Arquitetura da Informação (Laura Pimentel) por Cristiane, Ingrid, Iolanda, Josy, Aldimeri e Rosa

-- Segurança da Informação (Claudete Aurora) por Ana Beatriz, Leticya e Simon

-- Consultoria em Biblioteca Comunitária (Irene Butti) por Érica, Isabel, Ivane, Janaina, Simone e
Regina
-- Arte-educação (Tais Mathias) por Deiziana, Juliana, Maria Luma e Melícia

-- Intraempreendedorismo (Felipe Alexandrino) por Fábio, Hernani, Isabela e Michele

-- Indexação de imagens  (Nanci Shinsato) por Carla, Edilene, Karen Ui e Maria Ionara


Entrevistando os bibliotecários e conhecendo um pouco mais sua trajetória e atuação, as competências necessárias para atuar nessa atividade e também a opinião dos entrevistados sobre a Biblioteconomia, os jovens profissionais tiveram a oportunidade de ampliar seu olhar em relação à área e as diversas oportunidades disponíveis para os bibliotecários inovadores, que não tem medo dos desafios!

A Biblioteconomia é uma área que oferece muitas possibilidades, especialmente para quem está antenado (e bem preparado!).

Duas de nossas alunas, que participaram do seminário, enviaram suas impressões:


"Na quinta-feira, dia 19 de novembro, aconteceu mais uma edição do Seminário Tendências Contemporâneas da área durante a aula de Tópicos Avançados em Gestão da Informação e do Conhecimento ministrada pela docente Valéria Valls.

O seminário tem como objetivo realizar uma pesquisa sobre bibliotecários empreendedores, que pensam fora da caixinha e atuam em áreas que ainda são desconhecidas por muitos.

Durante o período matutino o 6º semestre de Biblioteconomia e Ciência de Informação contou com três grupos que nos apresentaram diferentes profissionais que estão usando a Biblioteconomia para alcançar novos espaços e objetivos.

O primeiro grupo, constituído pelos discentes Priscila Barbosa de Andrade e Carlos Augusto, apresentou a bibliotecária Sheila Silveira, responsável pelo Programa de Educação Médica Continuada (EMC) do Hospital Abert Einstein, que tem como objetivo incentivar seus médicos a continuarem se atualizando profissionalmente através da pesquisa e publicação.

O programa surgiu em 2003 mas passou a fazer parte da biblioteca no ano de 2012, e foi assumido por Sheila em meados de 2014. Seu trabalho consiste na análise e validação dos certificados apresentados pelo corpo clínico, que ganha pontos a cada ação e depois é recompensado pelos mesmos. Obrigatoriamente é necessário obter a meta de 50 pontos por ano (para cada médico), porém, muitos vão além disso, ganhando benefícios.

Sheila teve que lidar com a dificuldade em entender os documentos e o contato com os profissionais, mas cada vez foi se aperfeiçoando mais, e apesar de afirmar que o EMC não é perfeito, ela diz que adora seu trabalho e a instituição onde trabalha, e busca a cada dia melhorar e aprimorar o programa.

O segundo grupo formado pelos alunos Sthéfani Paiva, Rodolpho Pavan e Andrezza Camera discorreram sobre os Booktubers, pessoas que falam a respeito de livros na rede social de vídeos Youtube.

A profissional escolhida foi a bibliotecária Gabriela Bazan Pedrão graduada em Ciências da Informação, Documentação e Biblioteconomia que em 2014 criou o canal “É o último, juro” onde fala a respeito dos livros que lê, sua importância e seu contexto dentro da sociedade atual em que vivemos.

Priorizando livros que tratem a respeito de bibliotecas e do profissional bibliotecário, ela vê seu canal como uma forma de estímulo a leitura, e uma mediadora, além de divulgar a profissão. Ela levanta a questão das novas mídias sociais e de como é necessário que o bibliotecário se reinvente e utilize das mesmas para atingir seu usuário.

O terceiro e último grupo a se apresentar falou sobre a bibliotecária Laura Del Mar Lourenço responsável pelo banco de imagens Pulsar Imagens. A pesquisa foi realizada pelo fotógrafo e também dono de banco de imagens, Marcos Issa.

Criado em 1991, o banco de imagens Pulsar Imagens começou com um acervo físico de cerca de 800 mil slides! O que parecia ser impossível se tornou revolucionário, e Laura conseguiu catalogar todos eles tornando-os recuperáveis. Além de ser um acervo diferenciado que demandou muito trabalho e atenção, ele também acompanhou o avanço tecnológico, tornando-se digital, porém mantendo ainda a mesma hierarquia de classificação que possuía anteriormente.

Hoje abrigando vídeo, e não somente fotografias, a Pulsar Imagens possui uma sede física em São Paulo com 13 funcionários, alguns trabalhando diretamente da sua casa como indexadores, porém, os planos são de expansão, e em breve podendo ter sedes localizadas em outras regiões do mundo, como o Reino Unido.

O Seminário Tendências sempre vem com novidades, e a cada dia descobrimos mais uma área onde o bibliotecário pode estar atuando, mostrando que onde há informação, há a necessidade de um mediador."
 Andrezza Camera - 6º semestre matutino


"É muito legal ver todas as possibilidades que a nossa profissão nos dá. Nem nós mesmos conhecemos todas as áreas nas quais podemos atuar! Vi que o que é realmente necessário é ter muita criatividade e amor, e, claro, uma boa dose de paciência afinal resultados vem com esforço e dedicação. Se manter atualizado também foi algo que apareceu em quase todas as apresentações, todos os profissionais se mantiveram atualizados. Achei bom ver que quem faz coisas diferentes na nossa área não está apenas relacionado exclusivamente a tecnologia, pois a gente tem uma mania de achar que coisa inovadora tem que ter a ver com tecnologia. Vimos profissionais inovando na leitura, como a Tais Mathias, ou então como o Felipe Alexandrino (que foi a presentado pelo meu grupo) que inovou atuando com empreendedores e sendo proativo na empresa que ele trabalha, atuando assim como intraempreendedor. Essa realmente é uma atividade necessária para os recém formados, abre bastante a nossa cabeça para o que podemos oferecer ao mercado."

Isabela Martins - 6º semestre noturno

Nenhum comentário:

Postar um comentário