segunda-feira, agosto 22, 2016

Entrevista com o professor Wanderson Scapechi

Desde o começo desse segundo semestre de 2016, a Faculdade de Biblioteconomia e Ciência da Informação tem um novo professor em seu corpo docente. Ele ministra atualmente no curso de Biblioteconomia e Ciência da Informação as disciplinas de Introdução à Administração, para o segundo semestre, Sociedade da Informação e Comunicação em Mídias Digitais, para o quarto semestre, e Tecnologias de Comunicação, para o sexto semestre.

Vamos conhecê-lo melhor?

Meu nome é Wanderson Scapechi, tenho 36 anos e sou natural da cidade de São Paulo. Passei grande parte da minha infância e adolescência morando na Zona Norte de São Paulo e sempre estudei em escolas públicas.
Gosto muito de ler livros, jornais e revistas, ir ao cinema, ouvir música, além de uma boa conversa na companhia de amigos, acredito que eles são fundamentais na nossa vida. Gosto também de participar dos eventos profissionais promovidos pela nossa área.
Sou formado em Biblioteconomia pela Faculdade de Filosofia e Ciência de UNESP – Campus de Marília, ingressei no curso em 1998 e conclui em 2001. Foi um tempo muito importante para minha formação intelectual e pessoal. Acho que o fato de sair da casa da minha família para morar sozinho em outra cidade foi um grande desafio para mim, tinha apenas 17 anos. Fiz estágios em diferentes tipologias de bibliotecas, na Coordenação Geral de Bibliotecas da UNESP no processo de Conversão Retrospectiva (RECON). Além disso, fui bolsista de iniciação científica pelo CNPq/PIBIC, sob a orientação da saudosa Profa. Dra. Maria Helena T. C. de Barros.
Tenho pós-graduação em Educação “Novas Competências Aplicadas à Educação” pelo Centro Universitário Senac e mestrado em Ciência da Informação pela Escola de Comunicações da USP. O título da minha dissertação foi: “Saberes informacionais no ensino superior: um estudo exploratório”, que teve a orientação do Prof. Dr. Edmir Perrotti. A pesquisa se inseriu dentro de um quadro mais amplo de pesquisa que é a Infoeducação, um campo de pesquisa que busca compreender as relações entre a Informação e a Educação.
Como bibliotecário atuei em diferentes instituições no Brasil. Costumo dizer aos alunos sobre duas experiências profissionais que marcaram significativamente a minha carreira: uma foi nas Faculdades Integradas de Nova Andradina, no Estado de Mato Grosso do Sul e a outra foi na Universidade de Ijuí (Unijuí), no Estado do Rio Grande do Sul. Em São Paulo, tive a oportunidade de trabalhar em diferentes bibliotecas, principalmente de IES: FIP (Faculdades Integradas Paulista), UNG (Universidade de Guarulhos), UNIESP, Biblioteca Mario de Andrade, entre outras. Fui conselheiro no CRB8 durante a 16ª Gestão. Foi uma experiência muito importante na minha carreira pois senti que contribui e entendi mais sobre a nossa classe profissional. Como docente na área, iniciei lecionando no curso Técnico em Biblioteconomia oferecido pelo Senac onde permaneço até os dias de hoje. Ao mesmo tempo, ministrava aulas em disciplinas ligadas à área de administração – Teoria Geral da Administração (TGA) e Organização, Sistemas e Métodos (OSM) no curso de Ciências Contábeis da UNIESP – Unidade Centro Velho.  Atualmente atuo no Senac-Unidade Francisco Matarazzo como docente e como mediador de redelocal, junto ao Programa Rede Social.
Em relação às expectativas do meu trabalho como docente na FESPSP, são as melhores. Estou bastante motivado e empolgado para trocar conhecimentos entre os meus pares e também com os alunos. Como destaquei em minha apresentação nas turmas, a FESPSP teve e ainda tem um papel muito importante para a Biblioteconomia paulista e brasileira, por isso para mim é um privilégio e ao mesmo tempo uma responsabilidade muito grande ocupar este lugar. Da mesma forma, acredito que será uma boa oportunidade para eu desenvolver pesquisas e ampliar a produção de conhecimento na nossa área. Estou bastante feliz pela conquista!
Para os que já estão na área ou estão querendo ingressar nela, eu digo que ela é bem promissora e oferece situações bastante gratificantes, como a satisfação de usuários ao encontrar as informações que necessitam. Costumo dizer que sou muito feliz por ser bibliotecário, acho se eu não fosse bibliotecário eu não saberia o que eu seria, tamanha a minha identificação com a área. É claro que essa identificação foi sendo construída ao longo da minha trajetória, por isso não se preocupe se você ainda não possui essa identificação. Ela virá com o tempo.
Acredito no poder transformador do conhecimento na vida das pessoas. Sair de um estado de não saber para um estado de saber é incrível, fascinante. Digo isso pela minha prática como docente e pelos relatos que tenho ouvido dos meus ex-alunos. Por isso, a biblioteca tem um papel importante neste processo de mudança. Gostar de pessoas, saber fazer uso das tecnologias de informação e comunicação e ser organizado é fundamental para o profissional que deseja fazer a diferença em nossa área.

7 comentários:

  1. Tive a oportunidade de te-lo como professor no curso técnico do SENAC. Galerinha da FESPSP está em boas mãos. :)

    ResponderExcluir
  2. Grande mestre, por onde passa deixa um grande ensinamento a vida daquele que se permite. Foi meu professor no curso Contábeis na Uniesp a três anos atrás e lembro de suas aulas até hoje.
    Parabéns Prof. Wanderson Scapechi.

    ResponderExcluir
  3. Uma grande pessoa, maravilhoso um educador que aprendi a respeitar e admirar um ótimo professor que as poucas aulas que ele aplicou em minha sala dando aula em TGA e OSM na UNIESP Centro Velho foi esplêndidas pelo menos para mim.
    Você merece isso e muito mais parabéns professor só tenho a desejar pra você só sucesso em sua vida bjs

    ResponderExcluir
  4. Uma grande pessoa, maravilhoso um educador que aprendi a respeitar e admirar um ótimo professor que as poucas aulas que ele aplicou em minha sala dando aula em TGA e OSM na UNIESP Centro Velho foi esplêndidas pelo menos para mim.
    Você merece isso e muito mais parabéns professor só tenho a desejar pra você só sucesso em sua vida bjs

    ResponderExcluir
  5. Excelente professor e pessoa, entusiasta, altruísta e competente, sua aula é muito prazerosa, desejo sucesso nessa nova empreita junto ao colegiado de biblioteconomia da FESPSP, e vá se preparando ano que vem já tenho professor orientador.
    Abs.

    ResponderExcluir
  6. Existem professores que passam pela vida da gente e são fundamentais em nossa construção do conhecimento e que conquista nossos corações.
    Tive o imenso prazer de tê-lo como professor no Senac no curso de Biblioteconomia, e graças a sua dedicação dei continuidade aos estudos e hoje sou Bibliotecária.

    Obrigada Professor, pela humildade, competência e dedicação.

    ResponderExcluir