terça-feira, março 28, 2017

Série: O livro da minha vida


E nesta semana a Série: O livro da minha vida traz a contribuição da aluna Paola Marinho do 5º Semestre/Noturno. Vejam que ótima história e dica de leitura!


Quando eu falo do fazer biblioteconômico, falo de muitas coisas, principalmente sobre trabalhar com informação. Mas, não posso ignorar a raiz da coisa, que é o material bibliográfico.
Uma vez, comentando sobre a importância dos livros, eu disse que um livro poderia salvar uma vida... e eu não disse isso da boca para fora.
Aconteceu comigo, em um período bastante complicado da minha vida, no qual eu entrei em conflito com as informações sociais do que é "Ser mulher". Eu pensava que se homens são de Marte e mulheres são de Vênus, eu era de Plutão, porque a definição padrão social do feminino, aquele estereótipo caricato que leva às condutas como "bela, recatada e do lar" tinha absolutamente NADA a ver comigo, porém, eu queria ser mulher em plenitude, mas sem entender a essência da coisa, eu estava perdida.
Foi aí então que ELE "sorriu para mim". Pertencia à minha mãe, que comprou há alguns anos por indicação da terapeuta. Na época, eu havia lido só um capítulo e não dei muita bola, mas, decidi lê-lo integralmente desta vez, já que não havia mais respostas em lugar algum.
Foi aí que descobri toda a natureza e essência do que é ser mulher através da obra da psicóloga americana Clarissa Pinkola Estés, seu best seller "Mulheres que correm com os lobos". Na obra, Clarissa utiliza de narrativas de contos populares e contos de fada para ilustrar através de arquétipos psicológicos aspectos da natureza feminina e suas várias nuances, com ênfase no sagrado feminino e a mulher selvagem, instintiva, presente na essência de todas as mulheres.
Entendi muito sobre mim lendo esse livro. Descobri o que é uma mulher em sua essência e vi o quanto eu SOU mulher.
No meu braço direito tatuei "La loba", para eu nunca me esquecer da minha natureza instintiva feminina, que é "aquela que sabe" (la que sabé).


Enfim, esse é o livro da minha vida.
 


Nenhum comentário:

Postar um comentário