terça-feira, abril 04, 2017

#PorqueEscolhiBiblio



E na Série: #PorqueEscolhiBiblio desta semana, vamos conhecer um pouco sobre a aluna Marina Maschietto do 3º Semestre/Noturno.

Mais uma história super interessante que conta como se deu a escolha pela FaBCI que você não perder!!!



Quando nasci um anjo de óculos e coque disse: “Vai ser bibliotecária na vida, sim!”, costumo dizer que ignorei brevemente esse chamado, mas pensando melhor, ele ficou adormecido dentro de mim esperando seu momento de despertar.

Desde a infância, sempre fui muito incentivada a ler. Meu avô tinha uma banca de jornal e a diversão era folhear as revistas, principalmente as de passatempos e desenhos para pintar, mas tudo começou de verdade no ensino fundamental quando a biblioteca da escola virou meu refúgio e, a bibliotecária, minha melhor amiga, sempre me indicando e sugerindo alguns dos livros que eu devorava.


Com a chegada do ensino médio, muita coisa mudou na minha vida e então conheci o ensino público, me deparei com uma biblioteca em constante processo de “reorganização”, o que me decepcionou muito, me levando à única ação que poderia tomar: ajudar na reorganização da biblioteca junto a alguns outros alunos. Dos 3 anos de formação, apenas no último lembro de ter a biblioteca aberta ao nosso uso, finalmente, com atividades frequentes, porém funcionando mais como uma sala de leitura e estudos.


Com o fim do ensino médio, convivi com a dúvida sobre o que escolher para o meu futuro, e apesar dessa relação com a biblioteca, seguir os passos do meu adorado pai e fazer biblioteconomia definitivamente não estava nos meus planos, coisa de adolescente rebelde. Decidida a trabalhar com pessoas, comecei a cursar Eventos na FATEC Ipiranga, e mais uma vez na faculdade esbarrei na biblioteca, que não possuía um bibliotecário e que novamente virou o lugar que mais frequentava.


Por ironia (ou não) do destino, minha primeira experiência no mercado de trabalho foi em uma biblioteca, como jovem monitora e ali, entre estantes, descobri qual seria o próximo curso que faria, e seria biblioteconomia, depois de muito conversar com meu pai, escolhi a FESP quando conheci a faculdade na feira do livro político em 2015 e me encantei. 

Quando comecei o curso, já possuía alguns planos pré-definidos, como o de unir a formação anterior à nova, apesar disso, conheci um novo horizonte e hoje, no terceiro semestre, além de atuar em um Centro de Documentação e Memória empresarial, participo também das atividades do Centro Acadêmico do curso.





4 comentários:

  1. Adoro essa coluna... me chama pra participar ^.^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grazi sua linda que ótimo que gosta do #PorqueEscolhiBiblio, seria um enorme prazer tê-la nas matérias, mas essa série é destinada aos alunos. Para os ex-alunos falar sobre a escolha pela Biblioteconomia pode ser contemplada na sua coluna "Onde estão os bibliotecários". Que tal fazermos um especial com a criadora da coluna? Seria maravilhoso. Beijos!!!

      Excluir
  2. Amei sua história Mari! Parabéns por ser essa pessoa que inspira tanto a gente!

    ResponderExcluir
  3. Bela história Maschietto! As próximas bibliotecas nós deixaremos VIVAS de atividades para formar novos anjos. Parabéns.
    Nico

    ResponderExcluir