quinta-feira, abril 29, 2010

Comentário sobre o 2º Encontro de Bibliotecas Públicas da cidade de São Paulo

Nos dias 13, 14 e 15 de abril deste ano ocorreu o 2º Encontro de Bibliotecas Públicas da cidade de São Paulo.
Há alguns dias atrás recebi um email, da Profª Tania Callegaro, com os comentários e algumas reflexões sobre o evento de um ex-aluno da FaBCI/FESPSP Sandro Coelho.
Abaixo envio os comentários do Sandro e o vídeo sobre as Bibliotecas Públicas da Zona Norte de São Paulo.

"Ontem foi o último dia do 2º encontro de bibliotecas públicas, e a gente sempre se pergunta: Será que estamos no caminho certo?
Eu sinceramente acredito que sim. Eu sei que precisamos caminhar muito ainda, ou como diz o ditado popular, "temos que comer muito arroz com feijão". O grande aprendizado, pelo menos para mim, é que temos realmente que tentar buscar o usuário potencial. Aquele que passa na porta da biblioteca e pensa: "isto não é para mim". Eles não têm o
sentimento de pertencimento daquele equipamento cultural, e todas as ações que envolvam parcerias com outros equipamentos de sua região, ou não, seja ela cultural, educacional, social enfim, tem de ser aproveitada e colocada em prática. Como foi falado ontem pelo Sérgio Vaz, é a "vontade" de fazer, mudar algo que o motivou, e digo mais, muitos de nós têm a competência necessária para fazer a diferença que está sobre o tripé: conhecimento, habilidade e atitude.
Mas é justamente no 3º item que as vezes a coisa emperra. Então, vamos ter mais atitude? Não vamos ter medo de errar, pois até ele é um aprendizado que nos fortifica para a melhoria dos nossos produtos e serviços...vamos fazer coisas legais!!!

Para quem não pôde ver a apresentação realizada pelas bibliotecas da Zona Norte ontem, com o Projeto de "contação de história itinerante", deixo o convite para ver o vídeo postado no youtube. Sei que em muitas unidades não conseguiram ver, mas se puderem, e quiserem ver em casa ou em outro lugar, seria muito legal para trocarmos experiências.




Pra finalizar, deixo um fragmento de uma poetiza mineira, "Guiomar de Gramonnt", que tem a ver com alguns questionamentos e pensamentos realizados durante estes 3 dias sobre a leitura e o Ser Humano: "Ler pode tornar o homem perigosamente humano".

Nenhum comentário:

Postar um comentário