Pular para o conteúdo principal

Postagens

Bate papo com um bibliotecário-gestor

Postagens recentes

A atuação profissional do bibliotecário na prestação de serviços acadêmicos: relatos de experiências

Na aula de 31 de maio de 2021 da disciplina de Normalização Documentária Aplicada à Produção Acadêmica e à Pesquisa Científica, recebemos a bibliotecária Camila Gomes da Rocha D'Agostino.   A professora Angela Claro compartilhou conosco como foi esta aula. Camila cursou Biblioteconomia na UNESP, é especialista em Gerência de Sistemas e Serviços de Informação pela FESPSP e fez MBA em Gestão e Uso da Informação em Saúde na UNISA. É bibliotecária no Instituto de Ortopedia e Traumatologia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP desde 2011, exercendo atualmente a função de bibliotecária-chefe.   Camila compartilhou com a turma sua experiência na área de normalização documentária, mostrando como essa temática se faz presente tanto na sua atuação institucional bem como na prestação de serviços acadêmicos como profissional liberal. Tivemos a oportunidade de compreender quais os serviços podem ser oferecidos, os ramos de atuação do bibliotecário na área, e o que se deve le

Conversa sobre UX design com Bárbara Uehara

  Durante a aula de 31/05, na disciplina Gestão de Conteúdos Digitais, os estudantes do quinto semestre receberam a visita online da profissional Bárbara Uehara. A convite do professor Wellington Ferreira, a profissional conversou com os alunos sobre a sua trajetória e ofereceu dicas sobre carreira e os desafios encontrados em sua atuação como UX design.   O encontro foi importante para enriquecer as discussões estabelecidas no decorrer do curso e, também para oferecer a visão prática da profissional inserida no mercado.

Atuação do(a) bibliotecário(a) como gestor(a) de Serviços de Informação

Profa. Dra. Marta Valentim ( print da live) Na disciplina Gestão de Serviços de Informação (3º semestre) um dos pontos abordados e discutidos é a atuação do(a) bibliotecário(a) como gestor(a) de Serviços de Informação, envolvendo alguns recursos como recursos humanos, financeiros e infraestrutura, reforçando a importância do profissional ficar atento ao desenvolvimento das suas competências gerenciais (tanto as técnicas quanto as socioemocionais).   Para contextualizar o tema utilizamos uma live organizada pelo Projeto Biblioconnect: o projeto nasce com o intuito de promover discussões, bem como propor e divulgar conteúdos nas áreas de Biblioteconomia, Museologia, Arquivologia e Ciência da Informação. É composto por um grupo de Bibliotecários de Mato Grosso do Sul e pretende, dessa forma, tornar mais conhecida a Biblioteconomia do MS. Se quiser conhecer mais o projeto: BiblioConnect (linktree.com.br)   No dia 14 de abril a Profa. Dra. Marta Valentim (da UNESP de Marília) participou de

UNESCO publica recomendações sobre Ciência Aberta - Participação da Profª Maria Rosa

A ciência é fundamental para o desenvolvimento de todos os povos, e, pode ser considerada um fator primordial para a conquista do bem estar coletivo. Em novembro de 2019, a UNESCO em sua 40ª Conferência Geral elaborou um projeto contendo recomendações sobre a ciência aberta . Aproveitando a temática, convidamos a professora Maria Rosa Crespo (Coordenadora de pesquisa e extensão na Sociologia e Política - Escola de Humanidades e Docente na FaBCI) para nos presentear com o texto abaixo sobre a temática. O termo ciência aberta foi cunhado pelo economista Paul David em 2003, como uma forma de descrever as características dos bens científicos gerados pelo setor público, em oposição à ampliação dos direitos de propriedade intelectual na área de bens informacionais. O conhecimento gerado com auxílio de recursos públicos deve ser tratado como um bem comum da sociedade, e seu acesso deveria ser realizado livre e gratuitamente. A comunidade científica e agências de fomento vêm discutindo sobre

Visita externa na disciplina Tecnologia da Informação aplicada à BCI

  Durante a aula do dia 31/05, os alunos do primeiro semestre receberam a visita da profissional Amanda Andrade para conversar sobre a sua experiência com tecnologia da informação. A visita ocorreu na disciplina Tecnologia da Informação aplicada à Biblioteconomia e Ciência da Informação, ministrada pelo professor Wellington Ferreira. Neste encontro foi possível a troca de informações sobre algumas práticas exercidas na área de tecnologia e conhecer um pouco os caminhos existentes para os profissionais que pretendem atuar na área.

PEC #emcasa - Competência em Informação em bibliotecas: por onde começar?

    O curso de Biblioteconomia e Ciência da Informação realizará uma conversa sobre “Competência em Informação em bibliotecas: por onde começar?”, com a presença de Camila Araújo dos Santos, coordenadora do Grupo de Trabalho Competência em Informação - CoInfo da FEBAB, e mediação de Valéria Valls, coordenadora do curso. O encontro acontece dia 28 de maio, a partir das 17h30.⠀ Faça a sua inscrição aqui para receber o link da transmissão no dia do PEC. O evento conta com emissão de certificado.