segunda-feira, setembro 08, 2014

Coluna Onde Estão os Bibliotecários? Por Grazielli Moraes

“Acredito que o Bibliotecário deve aprender a fazer um marketing melhor da sua profissão, conhecer e divulgar boas iniciativas, projetos, profissionais e mostrar ao mercado que o trabalho e os conhecimentos de um Bibliotecário podem ser bem aproveitados em diversos tipos de projetos e equipes com profissionais que possuem outras formações. Muito já está sendo feito, boas iniciativas e no futuro tendem a melhorar, está na nossa mão”. (Wellington F. R.)



Começo essa matéria do Bibliotecário e ex aluno Wellington Ferreira Rodrigues, com uma frase que define a coluna “Onde Estão os Bibliotecários” que nada mais é do que uma forma de mostrar profissionais de biblioteconomia em suas diferentes áreas de atuação.

Provavelmente já você já ouviu falar, ou já entrou no site Biblioteconomia Vagas, pois é, Wellington Ferreira Rodrigues , 30 anos, formado em 2010 foi o criador desse blog de grande utilidade aos que estão em busca de vagas na área de biblioteconomia – curiosidade: o blog foi criado a partir do Blog da Monitoria, com incentivo da Professora e Coordenadora do curso Valéria Valls, no ano de 2011 e conta cerca de 300 a 500 visualizações por dia, além disso, tem cerca de 1.000 curtidas na fanpage.


“Já ouvi relatos de pessoas que conseguiram estágio ou trabalho e acessaram a vaga através do blog. Isso é muito bacana, creio que o importante na vida é ajudar e tento fazer isso todo o dia”. (Wellington F.R.)

Sua escolha pela biblioteconomia aconteceu durante o ensino médio a partir de um programa do Governo do Estado de SP com o Senac que oferecia cursos técnicos gratuitos aos alunos de rede pública, pelo fato de já ter tido na época uma pequena experiência em arquivo, o que fez com que passasse a gostar do curso.

Sendo a FESP além de uma instituição de ensino bem renomada, uma família, para Wellington não foi diferente, pois ele encontrou em uma professora apoio e incentivo.

“Uma das docentes foi a Profa. Marcely Rangel, uma pessoa que me ajudou muito e sempre me incentivou com minhas ideias”. (Wellington F.R.)


Se tratando de Biblioteconomia, Wellington acredita que por meio da dela é possível conhecer demais áreas do conhecimento humano e se especializar.

“Não que devemos saber de tudo, mas o Bibliotecário possui a oportunidade de mergulhar e se especializar...”. (Wellington F.R.)


Trabalha à sete anos no Mattos Filho Advogados, serviço este que iniciou através de um estágio no Arquivo do escritório, em seguida foi promovido e passou a atuar na área de Gestão do Conhecimento, onde atua até hoje.


“No último ano, comecei a trabalhar na homologação e especificação dos  sistemas e bases de dados oferecidos pela área aos advogados do escritório. Meu trabalho está se direcionando muito para a parte tecnológica, contato com consultores, TI interna, sou um intermediário entre aqueles que desenvolvem e os que utilizam os sistemas. É um desafio muito grande...”. (Wellington F.R.)


Faz pós-graduação em Gestão Web – Senac SP, que lhe agregou vertentes da área de Tecnologia da Informação e contato com pessoas de formações distintas.

É possível perceber a partir da experiência de Wellington que a Biblioteconomia está atrelada a muitas áreas do conhecimento, possibilitando assim um amplo leque de oportunidades aos profissionais da área, e através do recado deixado por ele, também é possível ter-se uma visão de quanto ainda tem pra ser explorado.



“Procurem estar atentos às novidades da área e na possibilidade de atuação em mercados que não são explorados por nós. Utilizem o ambiente acadêmico para conhecer e entender o que realmente um bom Bibliotecário é capaz, além de trocar ideias com os professores (profissionais com muita bagagem e conhecimento) e os demais colegas de sala e curso”. (Wellington F.R.)

3 comentários:

  1. Agradeço a Grazi pela entrevista e ao pessoal da Monitoria! Fico muito contente em participar! Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Well, acredito que com sua entrevista é possível reforçar aquela ideia de que o Bibliotecário tem uma grande amplitude de áreas de atuação, algumas delas nem exploradas ainda.
      Obrigada pela participação!

      Excluir
    2. Parabéns por compartilhar conosco suas idéias e opiniões. Você Wellington tem sido minha fonte de inspiração, acompanho sua trajetória desde nossos tempos de estudos no SENAC. Passando pela graduação e agora uma merecida Pós. Desejo a você todo o sucesso profissional que você almeja.

      Excluir