sexta-feira, dezembro 06, 2013

Taxonomia em portais de notícias: Carolina K. Nakamura

Carolina Kokumai Nakamura

A taxonomia é uma representação do conhecimento para organizar a avalanche de informações do mundo contemporâneo. Aplicada em um portal corporativo, deve atender a critérios de uma categorização funcional para que o usuário recupere rapidamente a informação que procura. A bibliotecária Carolina Kokumai Nakamura (ECA/USP) faz a taxonomia das tags do portal UOL e conversou com a MC sobre seu trabalho:




MC: Como é, basicamente, seu trabalho com taxonomia para um portal de notícias?

CAROLINA: É praticamente uma indexação, só que bem menos controlada, com uma pesquisa menos refinada por que muitos dos termos que são usados são os próprios jornalistas que mandam. E a gente vê se encaixa, se vale a pena utilizar. Tem vezes que a tag é muito absurda e que não dê nada certo. Uma vez apareceu a tag “campeonato de pole dance”. Eu olhei aquilo e pensei: o que eu vou fazer com um negócio desses ? (risos). Então, a gente tem que tomar cuidado para ver se vale a pena acrescentar.

MC: Mas, vocês podem vetar o termo?

CAROLINA: Podemos sim, essa é a ideia: que a gente monitore os termos.

MC: E a equipe é grande?

CAROLINA: Tem arquitetos (da informação), que trabalham com a interface, designers, publicitários, jornalistas e duas bibliotecárias. Na UOL tem  vários departamentos voltados para a interface do site, que se preocupam em como a organização daquelas notícias do portal vai fazer sentido para o usuário encontrar a notícia que ele procura e como essa notícia vai se linkar com outras para que ele fique o máximo possível no site.

MC: E a estrutura é complicada?

CAROLINA: É praticamente a estrutura básica de arquitetura que a gente aprende em taxonomia, que é a organização da informação.

Página do UOL


MC: Tem vários portais de notícias hoje. Eles seguem isso que é feito no UOL?

CAROLINA: Não sei se exatamente eles seguem o mesmo esquema da UOL porque ela é muito grande, trata de muitos tipos de assuntos, mas acho que sim.




MC: E como o seu trabalho, como bibliotecária, se destaca, em uma equipe multidisciplinar?

CAROLINA: Em relação à tags, eles têm que recorrer à gente de qualquer forma.

MC: E com é a rotina? Tem muita pressão o dia inteiro?

CAROLINA: A rotina é um caso muito específico, porque tem muitos projetos. Quando não estamos um um projeto, é só monitoramento de tags, que não leva tanto tempo, e não precisa de tanta coisa. E tem também os pedidos  dos editores. Mas, quando tem projeto, é pauleira: a gente fica horas e horas trabalhando. Mas, tem dias que é super sossegado.

Saiba mais sobre taxonomia para portais:

Recomendações para construção de taxonomia em portais corporativos, dissertação de Luciane Paula (UFSC), 2007.


2 comentários:

  1. Que trabalho bacana e interessante! Gostei muito!

    ResponderExcluir
  2. Uma aplicação do que aprendemos em sala de aula, sem dúvida. Obrigada pela sua mensagem, Giselle, e continue acompanhando o blog da Monitoria!

    ResponderExcluir