domingo, outubro 19, 2014

Palestra: Aspectos Históricos-Informacionais na Biblioteca do Mosteiro de São Bento de São Paulo

Apresentação da Profª Dra. Valéria M. Valls, dentro de uma série de temas especiais que serão ministrados até o final do semestre em horário de final de tarde.

 O professor André V. F. Araújo, abarca duas interfaces sobre a biblioteca do Mosteiro, pensar a biblioteca como um problema cientifico e de pesquisa e também pensá-la como equipamento cultural e unidade de informação, não só abordar o relato de experiência, mas aspectos históricos do seu passado e no tempo presente discutir o fazer biblioteconômico e sua experiência como bibliotecário contextualizando sua fala com as escolhas que fez e que tem feito como professor e pesquisador da área, as bibliotecas Beneditinas em que medida que os mosteiros medievais se comportariam com as novas tecnologias, como se comportavam com o advento da Internet, foram parte do seu questionamento desde a graduação em biblioteconomia na UNESP de Marília, pensar uma reconfiguração desses espaços tão específicos sendo ele religioso e com uma cultura muito particular, assim como ainda não tinha acesso a Internet na época, escreveu 43 cartas a mosteiros espalhados pelo mundo e teve um ótimo retorno ao receber resposta de 28 deles, com as quais desenvolveu seu trabalho a partir desses dados.

Para o Profº André, a biblioteca monástica representa um espaço utópico, interesse que o levou a ser convidado a  trabalhar no mosteiro de São Bento. Fez mestrado em história social, estudando a história cultural da Europa Medieval e na história da biblioteca de mosteiros durante período bastante longo, ente os sec. 16 ao sec.18.
Ressalta que se obtém um resultado extremamente rico quando é o bibliotecário de transita na história. Propõe pensar na mudança dos suportes informacionais, história do livro, tradicionalmente do livro para história social do conhecimento, nas bibliotecas como equipamento cultural e mais ligado aos fazeres e saberes produzidos no cotidiano.
No primeiro bloco fala sobre as razões históricas que levaram a formação da biblioteca do Mosteiro. Depois analisar alguns itens da coleção de livros antigos e pensar os problemas de organização e representação do conhecimento na biblioteca a partir do sec. 16 e 17, problemas históricos e epistemológicos do conhecimento. Pensar como ela é organizada e se traz uma ressonância do modelo medieval de biblioteca.
No segundo bloco e conclusão, abordagem informacional aplicada, configuração contemporânea da biblioteca do Mosteiro de São Bento, suas características históricas, tipo de usuário ou individuo que se apropria da informação e pensar nessa biblioteca como unidade de informação, o livro como dispositivo informacional e etc.

Palestra muito rica, que nos deixou com gostinho de quero mais, aguardamos ansiosamente por mais uma oportunidade de sermos brindados com um PEC com o Profº Msc. André Vieira de Freitas Araújo (UFRJ) com esse nível de explanação e paixão pelo tema.


Relato por: Roselene Mariane de Medeiros Santos, 6º Semestre Noturno.

Quer participar da Monitoria? Mande um e-mail para monitorcientificofabci@gmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário