domingo, setembro 20, 2015

Coluna: Onde estão os bibliotecários? Por Grazielli de Moraes

A entrevista de hoje é com André Serradas (39 anos), bibliotecário formado em 2001 pela FESPSP. Atualmente atua no Sistema Integrado de bibliotecas da Universidade de São Paulo (USP), coordenando o Portal de Revistas da USP (considerado em julho o trigésimo quarto na categoria Top Portals).


“... Meu cargo atual é Chefe técnico da Divisão de Gestão de Sistemas de Comunicação e Disseminação de Produtos e Serviços, do Departamento Técnico do SIBiUSP. Além disso, fui designado e reconduzido pelo Magnífico Reitor da USP como membro da Comissão de Credenciamento do Programa de Apoio às Publicações Científicas Periódicas da USP...”


Quando questionado sobre a Pós-Graduação, deu uma resposta muito instigante:

“Já ensaiei algumas vezes meu ingresso na pós-graduação, mas no momento a prática profissional ainda me seduz mais. A vida profissional exige estudo e aprendizados continuados e tento me manter atualizado com o debate que se estabelece no Brasil e no exterior na área em que atuo.”.

Para ele a FESP agregou além de uma base para sua formação enquanto bibliotecário, uma boa rede de amigos e colegas de profissão, extremamente fundamental quando se trata de colaboração e compartilhamento de informação. Muito embora, menciona o fato de ainda ser necessário “cabeças diferentes” para que de fato hajam mudanças e inovações plausíveis em nossa área profissional.


“A biblioteconomia tem muitas qualidades e imperfeições, mas as mudanças precisam ser feitas nas pessoas pois são elas que promoverão as inovações. Precisamos das cabeças novas, não necessariamente de cabeças jovens, pessoas sérias e que não esperem resultados milagrosos e imediatos. Nos tempos atuais, dos quais também faço parte, os resultados são esperados com muita velocidade e há um tempo para tudo. Um projeto pode demorar alguns anos para dar frutos e mudar a mentalidade dos profissionais de uma área muito mais. Já começamos e temos que continuar avançando. Me considero um bibliotecário diferente da geração que me antecedeu e espero que os próximos sejam diferentes de mim.”


4 comentários:

  1. Tive o prazer de ser professora do André. Sempre muito focado não queria ser bibliotecário de biblioteca tradicional. Ele é conhecido internacionalmente pela atuação na Biblioteca Virtual de Psicologia e agora com o Portal de Periódicos da USP.
    Vânia Funaro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vânia obrigada por acompanhar a coluna "Onde estão os Bibliotecários" e deixar seu depoimento a respeito do André!

      Excluir
  2. Excelentes matérias... O blog deu uma guinada espetacular nos últimos anos...
    Parabéns
    Bruna Araújo das Neves

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bruna obrigada por acompanhar a coluna "Onde estão os Bibliotecários" e o Blog da Monitoria que realmente só tem crescido!!!

      Excluir