sexta-feira, outubro 26, 2012

O livro da minha vida

O depoimento da série “O livro da minha vida" desta semana é de Henrique Ferreira, Professor da FaBCI.




Henrique Ferreira ministra as disciplinas "Geração de Bases de Dados" e, para o próximo semestre "Automação de Sistemas de Informação".


MC - Que livro você consideraria 'O Livro da sua vida'?2- Por que ele tem/teve essa importância? (Que efeito essa leitura causou em você no seu dia-a-dia?)

Olha, na falta de um, diria até mais... não tenho um preferido de verdade. Eu comecei minha "vida literária" com "O menino maluquinho", cláááássico do bom e velho Ziraldo... foi o primeiro livro que ganhei de presente do meu pai. Um livro ótimo, simples, bem ilustrado... Outro livro que acho muito bom e recomendo a todos é o "Meu pé de Laranja Lima", do injustiçado José Mauro de Vasconcelos (melhor do que muitos "imortais" por aí). Uso como "coringa" afinal, muitos pensam que pedir dica de livro para bibliotecário é como pedir pastel na feira e é difícil fazer recomendações e, saindo dos básicos, outro livro que abriu minha mente é "A revolução dos bichos", de George Orwell (autor que dispensa comentários) e também não me canso de recomendar, principalmente pela sua forte crítica social que, mesmo sendo da década de 1940, é extremamente atual. Vou ficar com esses três, para não fazer uma lista muito grande falando do "Ao vivo, do corredor da morte", "1984", "Admirável mundo novo"...


MC - Normalmente, que gênero literário 'sacia seu apetite'?

Henrique Ferreira
Biografias, Ciências sociais em geral, crônicas... Na verdade, não tenho muito gosto mesmo é pelas ficções. Acho que, por atuar muito tempo no Processamento Técnico, é como trabalhar num restaurante ou algo assim: de tanto ver coisas "iguais", você acaba perdendo o paladar por aquilo. Aí tenho me limitado a ler coisas úteis (ou quase).

MC -  Dos livros que você indica na sua bibliografia, qual é o seu favorito? 

Da bibliografia, recomendo Introdução a Sistemas de Banco de Dados, do Christopher J. Date. É um clássico no tema Banco de Dados. Mesmo sendo uma "introdução" fornece uma ótima base para quem quer se aventurar por esses lados de Banco de Dados.




Um comentário:

  1. Não creio a acreditar que está falando que ficção não é útil.

    ResponderExcluir