domingo, novembro 01, 2015

Uma nova Monitoria Científica está chegando...

Estamos em contagem regressiva para o final do semestre letivo né? É hora de focar nos trabalhos e provas finais e nada de exame!!! Tem gente saindo... e gente chegando... e uma coisa que deve continuar em 2016 é a Monitoria Científica-FaBCI, por isso é hora de escolher o nosso novo monitor...

Você conhece nossa história?

Em 2009 teve início o projeto "Monitoria Científica-FaBCI", que teve por objetivo desde seu incio, o apoio às atividades da FaBCI e o acompanhamento das atividades da área de Ciência da Informação, lembrando que contamos desde o princípio de nossas atividades com o acompanhamento e o apoio da Coordenação, dos docentes de forma geral dos dirigentes da FESPSP.

Vamos relembrar quem já passou por aqui?

O nosso primeiro Monitor Científico foi o Wellington Rodrigues, que desenvolveu muitas das coisas que possuímos hoje (e que foram aprimoradas com o olhar de cada colega que passou por aqui depois)... o Blog e o Boletim semanal sã bons exemplos da sua gestão. Inclusive, seu TCC - Trabalho de Conclusão de Curso, surgiu em parte da sua participação nas atividades da MC, houve também um artigo publicado em conjunto com as Prof. Carla Diéguez e Valéria Valls, no períódico Revista Digital de Biblioteconomia e Ciência da Informação.

Wellington (com sua filha Tatiana, 
que nasceu em 2010) - Monitor 2010
"Começar é sempre muito bom e desafiador, por mais que dê aquele “frio na barriga” o importante é seguir em frente e confiante para realizar a tarefa. Posso dizer que no início da Monitoria, a nossa intenção (da Valéria e minha) era consolidar a presença do projeto de Monitoria Científica na comunidade da FaBCI/FESPSP. O que mais me marcou no início foi o primeiro contato de sala em sala (nos dois períodos) que fiz questão de fazer pessoalmente como Monitor.
Com o passar dos meses, conseguimos mostrar para a comunidade discente e docente da FaBCI que o projeto de Monitoria visava fortalecer a parceria existente entre eles e mostrar para a própria comunidade FESPSP que a Biblioteconomia tinha condições e já realizava algumas ações de pesquisa científica e incentivava a comunidade discente a participar de eventos externos, publicar artigos, fazer projetos de iniciação científica, etc.
Eu sou muito grato por ter participado do projeto de Monitoria, pois me ajudou a entender os dois lados da comunidade FaBCI. O que os professores e a Instituição poderiam contribuir na formação dos graduandos e, por outro lado, o que os discentes tinha a oferecer e não sabiam como fazê-lo ou haviam casos de alunos que já desempenham atividades de iniciação e pesquisa científica e pouco era divulgado entre eles.
Outro motivo de alegria e orgulho que tenho em ter sido Monitor é a publicação de um artigo na Revista Digital de Biblioteconomia e Ciência da Informação da Unicamp, além da participação no II Seminário de Iniciação Científica da FESPSP, onde o meu tema foi: O Blog do Monitor Científico como ferramenta de comunicação da comunidade acadêmica da FaBCI/FESPSP.
Na minha carreira, eu levo a experiência com ferramentas digitais e a visão de mediador entre pessoas e profissionais distintos buscando uma parceria para a realização de trabalhos ou projetos."

Em 2011 a Monitora Científica escolhida para continuar o trabalho do Wellington foi a Roberta Gravina, que com o aumento dos eventos da área, iniciou a prática do trabalho voluntário para a MC (que permite a colaboração de diversos alunos com projeto). Na sua gestão o aluno Filipe Gabriel foi seu voluntário oficial...

Roberta - Monitora 2011
"Fui monitora logo no início do projeto... Entrei no segundo ano de existência da Monitoria Científica, logo após a criação realizada pela Valéria e pelo Well e tinha muita coisa a ser feita. Ainda estávamos definindo as diretrizes do projeto, melhorando o site, criando canais de comunicação, iniciando a participação de voluntários e ainda tínhamos a ambição de cobrir o máximo possível de acontecimentos da área para motivar cada vez mais a participação dos alunos.
Em momento algum senti arrependimento por ter me inscrito, mesmo com todos os trabalhos, provas, leituras, estágio e aquele resquício de vida particular que tentamos manter durante a faculdade... Aprendi muito e me inteirei do mercado, conheci pessoas, fiz novas amizades, ouvi pontos de vista diferentes e melhorei minha opinião sobre a área. A MC ajudou no direcionamento da minha carreira e aguçou a minha motivação pelo conhecimento.
Acompanho os trabalhos desde então e sei que bastante coisa mudou... Agora é mais colaborativo e essa é pegada do momento! Participem, inscrevam-se, colaborem com a Monitoria Científica e estejam certos de que estarão colaborando com a melhoria da sua própria formação profissional.
;)"

No ano seguinte a Rebeka Savickas assumiu para dar continuidade ao projeto...

Rebeka - Monitora 2012
"Em 2012, tive a oportunidade de me tornar Monitora Científica da FaBCI. A experiência foi muito rica em diversos campos da minha vida: na FaBCI o meu rendimento letivo melhorou, nos estágios a Monitoria Científica foi vista como um diferencial, além do fato que a bolsa concedida permitiu que eu realizasse sonhos, como uma viagem. Só tenho a agradecer a FaBCI, e principalmente, a Valéria Valls, que foi minha professora, coordenadora, orientadora e amiga."

Em 2013 foi a vez da Magali Machado entrar para o nosso time... como resultado sua passagem na MC também surgiu um TCC, que tem como título "A gestão do conhecimento aplicada ao projeto de Monitoria Científica FaBCI/FESPSP: repositório digital de acesso aberto Omeka". 

Magali - Monitora 2013
"Detectar informações tácitas. Conversar com pessoas que têm muito o que dizer. Conectar polos complementares até então desconhecidos. Comunicar e integrar a comunidade. Tudo isso é participar da Monitoria Científica, um projeto da FESPSP que merece muita atenção pelo seu potencial agregador. Os alunos envolvidos na Monitoria aplicam na prática as noções de Gestão do Conhecimento, comunicação científica, indexação, resumos, entre outros conteúdos aprendidos em sala. Mais importante: tornam-se multiplicadores de seu aprendizado e ajudam a dinamizar a vivência pedagógica. Com a competente orientação da professora Valéria Valls, os alunos monitores adquirem competências muito relevantes para o mercado e certamente incrementam seu curriculum com esta experiência."

Andrezza - Monitora 2014
Com a chegada de 2014 tivemos um rostinho novo e muito dedicado, a Andrezza Camera foi nossa Monitora, que cobriu muito bem as atividades do ano, uma garota ligada em tecnologia, que está aí para provar que a Biblioteconomia está aberta à receber pessoas de todas as idades...

"Eu fui Monitora Científica da FaBCI durante o ano de 2014, período em que cursei o terceiro e quarto semestre de Biblioteconomia. Foi uma experiência diferente, e muito enriquecedora. No começo é difícil acompanhar o ritmo, e até mesmo confuso, mas conforme estimulamos o acesso a bases acadêmicas e de notícias, fica interessante o trabalho de pesquisa, escrita e divulgação sobre as novidades e curiosidades que a Biblioteconomia pode nos trazer. A monitoria é um canal de comunicação, mas também de interação. Ela abre as portas para contatos com profissionais e futuro colegas de profissão, além de nos ensinar muito, mostrando o quão vasta é a nossa profissão. Ser monitor científico só acrescentou como aluna, pesquisadora e futura bibliotecária para mim, inclusive, tive a sorte de poder utilizar o que aprendi com os boletins no meu atual trabalho, nada do que aprendemos e fazemos é desperdiçado e se torna uma porta aberta para nosso futuro, uma experiência que todos deveriam tentar. "

Em 2015, eu, Isabel Figueiredo assumi o posto de Monitora... e foi um ano bem agitado...

"Participar da Monitoria Científica é muito prazeroso, tive a oportunidade de conhecer diversos profissionais atuantes na área, estar mais perto dos alunos de outras turmas e saber de ante-mão sobre eventos e comemorações da FESPSP e da área. Este ano foi significativamente especial, pois comemoramos os 75 anos do nosso curso de Biblioteconomia, o Jubileu de Ouro da Regulamentação da Profissão, teve o XXIV CCBD... Ao longo do ano aprendi muitas coisas novas. A MC abre portas no campo profissional e aguça a vontade pela pesquisa... você pode contar com a ajuda dos monitores voluntários (dentre os meus voluntários "fixos" estão a Desirèe Martins, que cuida das redes sociais, a Grazielli de Moraes que faz a coluna "Onde estão os bibliotecários?" e o Bruno de Carvalho responsável pela coluna "Música e Livros", e vários voluntários que me auxiliaram com matérias e participações especiais ao longo de todo o ano). Acredito que antes de qualquer coisa o novo Monitor precisa ser curioso, apaixonado por compartilhar informação, e claro, saber trabalhar em equipe."

Uma das coisas mais legais de ser Monitor (além de tudo o que já foi dito) é que nos tornamos parte de um grupo de "seleto" de profissionais, que aprendem juntos e que na medida do possível sempre se ajudam...tem um olhar diferenciado sobre as perspectivas da profissão, ainda na faculdade.

Como o Wellington sempre comenta, nós temos quase um time de futebol... e você, quer fazer parte dessa equipe?

As inscrições para escolha do Monitor Científico FaBCI-FESPSP 2016 estarão abertas entre os dias 09 e 22/11/2015, para se inscrever é necessário atender aos requisitos abaixo:
  • Enviar e-mail de interesse para a coordenadora Valéria Valls (valls@fespsp.org.br), indicando seu nome completo, semestre e período que está cursando e o link para o Currículo Lattes do aluno (se você ainda não possui Currículo Lattes clique aqui e elabore o seu, mas faça com o máximo de antecedência, pois, o cadastro demora alguns dias para ser liberado).
  • Participar de entrevista presencial com a Coordenação do curso (será agendada pela Coordenadora por e-mail).
Como benefício imediato o aluno aprovado conta com a "Bolsa de Monitoria Científica", que terá vigência de fevereiro à dezembro/2016 e que concede 40% de desconto nas mensalidades e re-matricula.

Gostou da ideia? Então não deixe de conferir o edital completo (clique aqui) e boa sorte!

Um comentário:

  1. Pena não poder ser ex-aluno, afinal a experiência como colunista já é maravilhosa!

    ResponderExcluir