quinta-feira, junho 15, 2017

Série: O livro da minha vida. Por Camila Hatzlhoffer.



Olha a série: O livro da minha vida aí gente... É verdade, rsrsrs e quem fala sobre o seu livro preferido e nos dá ao mesmo tempo uma ótima dica de leitura e filme para esse feriado é a aluna do 3º semestre/noturno Camilla Hatzlhoffer


E com vocês o super premiado e aclamado: Orgulho e preconceito, de Jane Austen.







“É uma verdade universalmente reconhecida que um homem solteiro, possuidor de uma grande fortuna, deve estar em busca de uma esposa”.


Esta é a primeira frase do livro da minha vida: Orgulho e Preconceito, escrito por Jane Austen. Este livro entrou na minha vida da seguinte forma: por muitas (muitas mesmo!), indicações de amigos meus. Eu, que nunca tinha lido nada da Jane, fiquei curiosa e comprei o livro em uma edição simples, no sebo que frequento. 

Assim que comecei a ler, percebi a complexidade da trama de Austen e já me apaixonei pela escrita da autora, que conseguiu me trazer uma história cheia de conteúdo e reviravoltas, como eu jamais tinha lido antes. Só para contextualizar: o livro conta a história da relação estabelecida entre Elizabeth Bennet e Sr.Darcy. Ela, preconceituosa em um primeiro momento, por não conhecer profundamente este cavalheiro, que logo em seu primeiro encontro, feriu seu orgulho falando que ela era “tolerável”. Ele, um homem aparentemente orgulhoso, mas que conforme a trama se desenrola, vai se mostrando um homem extremamente generoso e gentil. 

Eu, que já era encantada por histórias que se passavam no século dezoito/dezenove, fiquei ainda mais. Este livro me fez entrar neste mundo e me prendeu do começo ao fim. E, além disso, um bônus: Jane era inglesa e a história se passa na Inglaterra. Para deixar claro, eu sou uma pessoa que ama a Inglaterra (a cultura e o sotaque, principalmente!), então passei a gostar ainda mais desta obra. 

Orgulho e Preconceito já foi adaptado diversas vezes para o cinema, mas tenho que confessar que a minha versão favorita é a de 2005, em que Lizzy é interpretada pela atriz Kiera Knightley e o Sr. Darcy é feito por Matthew Macfadyen. 




 Hoje, troquei aquela minha primeira edição por esta que está na foto: bilingue (para treinar o inglês) e de capa dura (que tem a imagem da minha versão de filme favorita!) 

Então, me tornei grande fã da Jane Austen e de seus livros. E foi esta obra, Orgulho e Preconceito, que me deu a chance de conhecer esta autora fantástica. Por isso, este é o livro da minha vida. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário