quarta-feira, março 27, 2013

Bibliotecário Nota 10: despertando paixões




Se o ano só começa depois do carnaval, o semestre dos calouros de Biblioteconomia da FABCI-FESPSP só começa de vez com o Bibliotecário Nota 10. E, com muitas paixões despertas pelas novas descobertas.  Veja como foi e, claro, os grandes vencedores deste ano:






Reforço muito bem vindo
  O grande panorama de personalidades da área que é apresentado tradicionalmente pelos primeiro-anistas estreia 2013 com mais pompa e circunstância: café da manhã reforçado para um aquecimento e interação alunos e professores, que serviu também para aliviar um pouco o nervosismo dos menos afeitos à apresentações públicas.

   Em sua fala de abertura, a professora e coordenadora do curso de Biblioteconomia Valéria Valls frisou que o exercício de pesquisa e apresentação dos banners do evento é, na realidade, mais um aprendizado pois as oportunidades para a apresentação de ideias e painéis são constantes no mundo acadêmico e na iniciativa privada.

Professora Carla Diéguez
  O Bibliotecário Nota 10 dá valorosas pistas sobre o trabalho em grupo para fins de pesquisa acadêmica e também incentiva o olhar investigador do aluno, que pode ser aprimorado em outros programas de incentivo à pesquisa, como o Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica da FESPSP, o PIBIC, como bem lembrou aos alunos a Professora Carla Diéguez.

 Surpreendentemente, mais do que nos anos anteriores, este painel de pensadores e fazedores de Biblioteconomia e Ciência da Informação encantou muitos alunos que se deparavam com personagens e conceitos da área pela primeira vez. Por isso, não raro, viu-se entre os palestrantes um entusiasmo com a descoberta de fatos brilhantes de seus objetos de pesquisa. De Paul Otlet a Yara Rezende, os calouros mostraram gosto pela atividade, como a aluna Simone, do noturno:





Para escolher os melhores pelo juri popular, todos os banners ficaram expostos na biblioteca durante a última semana, e os grandes vencedores foram:


Melhor banner do Noturno: Paul Otlet 
Alunos: Rodolpho Pavan, Edson Athur Alves da Silva, Bárbara de Oliveira, Hernani Correa Medola e Ana Paula Martins

Melhor banner do Matutino: Rubens Borba de Moraes
Alunos: Samuel Frison, Priscila R. Barbosa, Luana Cauê, Regina Porto e Nathalia Viccari

Melhor banner pelo juri popular: Paul Otlet

Melhor nota pelo trabalho escrito Noturno: Ranganathan 
Alunos: Camila Weber, Isabela Martins, Emerson Tadeu, Vitor Anthero e Karen Ui

Melhor nota pelo trabalho escrito Matutino: Carminda Nogueira de Castro Ferreira
Alunas: Andrea Takahashi, Cleusa F. Nascimento, Karin Eiko Camilo, Lilian Moraes e Mariana N. de Sá
Rodolpho Pavan, feliz com a premiação


Rodolpho Pavan, da equipe vencedora que criou a ideia de uma página de Facebook para Paul Otlet, comentou sobre a experiência: "Foi bom para se familiarizar com as outras pessoas da sala em um trabalho em grupo. Descobrimos que antes da internet o Paul Otlet já estava pensando em uma rede, com os recursos da época, rádio, microfilme, TV, em um só local, e como as pessoas usariam isso  como comunicação. Ele queria que todos tivessem acesso à informação."








Professora Maria Rosa Crespo

A professora Maria Rosa Crespo também ficou muito feliz com os resultados dos trabalhos deste ano. Representando o grupo de professores que coordenaram o evento, comentou: "Estamos muito satisfeitos, os alunos mostraram muita criatividade. Os trabalhos escritos foram de muita qualidade e as notas foram muito próximas. Só temos a agradecer aos alunos e esperamos que eles tenham adquirido novas competências".

Os banners estão expostos na biblioteca e todos valem a visita.


Veja os  melhores momentos das apresentações:


Andressa, Monica e Marcos: Aldo Barreto
   A primeira apresentação foi sobre Aldo Barreto, pensador e pesquisador da Ciência da Informação, com extensa e profícua produção.”Só em 2013, ele já publicou 13 artigos”, explica Marco Issa, aluno do matutino. Junto com suas colegas, Mônica e Andressa, apresentaram os conceitos de estoque de informação: como eles se formam e com se dá o seu acesso, discussão trazida por Barreto. Mônica salientou que o pesquisado tem influenciado o pensar crítico e se preocupado com o desenvolvimento do capital intelectual na área. A apresentação gerou interações com os professores e, checando na internet, a professora Carla complementou que Barreto já tinha sido citado, até aquele momento, 1014 vezes por outros autores. 

    Em seguida, as alunas Aldimeri, Carla, Deizana, Ingrid e Rosa falaram sobre a criadora da tabela PHa, Heloísa de Almeida Prado. Ingrid destacou as contribuições que a bibliotecária teve na pesquisa e evolução da catalogação.

    Com o inventivo título “Se é Bastos, é bom!”, Luís, Camila Perroni, Joana e Renatha apresentaram o histórico personagem Manoel de Bastos Tigre, o primeiro bibliotecário do Brasil e razão de ser da efeméride do Dia do Bibliotecário ser no dia do seu nascimento, 12 de março. O grupo leu poemas de Bastos Tigre e destacou sua versatilidade profissional em várias áreas, da publicidade à biblioteconomia.

    Brinquet de Lemos, certamente, não poderia faltar em um evento que homenageia figuras de destaque da Ciência da Informação. Com um layout colorido e diferente, Jose, Carina, Beatriz , Edilene e Thalita fizeram um banner do livreiro e bibliotecário brasiliense com a cronologia da vida de Brinquet e destacaram sua preocupação com o desenvolvimento da leitura. Karina incentivou a que seus colegas compartilhassem o desejo de Brinquet de ver os profissionais da informação quebrando paradigmas.


Samuel Frison

  Somente outra personalidade de peso poderia seguir-se a Brinquet de Lemos, e esta figura foi o fundador do curso de Biblioteconomia da FESPSP, Rubens Borba de Moraes. O aluno Samuel Frison e suas colegas Priscila, Luana e Regina retrataram a vida e o legado de Borba de Moraes. Contagiados com a descoberta de uma mente brilhante e curiosa, não esconderam o entusiasmo: “A questão que ele nos deixa é a nossa inquietude, que nós possamos lidar com ela e até sermos “googles físicos”, afirmou Samuel.






Regina e Simone: Laura Russo
 Laura Russo e Ranganathan foram os banners apresentados em seguida. Sobre a primeira presidente do Conselho Regional de Biblioteconomia, Laura Russo, o grupo das alunas Regina, Simone, Ivane e Raira trouxe para o público sua luta em prol da regulamentação da profissão de Bibliotecário e seu empenho em ver as normas definidas pelo Conselho Federal serem obedecidas. E as 5 Leis da Biblioteconomia de Ranganathan estamparam um bonito banner sobre o seminal indiano e foram citadas por Emerson Tadeu, em uma apresentação com uma interessante visão da aplicabilidade deste conhecimento quase centenário. Junto com Camila, Isabela, Vitor e Karen, ressaltaram a modernidade do pensamento de Ranganathan. A professora Valéria Valls lembrou que a base da aplicação da taxonomia em Ciência da Informação veio dos estudos de Ranganathan.

    André e Elizabeth apresentaram logo depois o lendário José Ephin Mindlin, bibliófilo e suscitaram uma interessante discussão sobre o fato de a doação do acervo do intelectual ao governo federal ter sido objeto de altos impostos devido ao seu valor monetário muito expressivo, como explicou a professora Maria Rosa Crespo.

    Logo após, em uma abertura surpreendente, com domínio pleno da plateia, o aluno Rodolpho Pavan preparou a plateia para o próximo homenageado. Instigou a curiosidade de todos e descerrou o banner teatralmente para revelar a mente privilegiada e generosa de Paul Otlet. Confiantes de que estavam com um ótimo trabalho, como uma carta na manga, Rodolpho, Edson, Bárbara e Ana Paula causaram imediata empatia e admiração com uma página de facebook especialmente editada e impressa na lona, inclusive com uma área para os participantes assinarem, dando o seu “curtir”. A citação da timeline de Paul Otlet que indicava que Paul Otlet havia começado uma amizade com Henri de La Fontaine arrancou boas risadas da platéia.


   Animados, a turma seguiu em frente com energia renovada. As alunas Mônica Dias, Letícia, Priscila e e Melícia apresentaram a vida e a contribuição de Charles Ammi Cutter. Destacaram o raciocínio por trás da criação da Tabela Cutter, criada pelo pesquisado, com exemplos práticos mostrados na lousa.

   Ainda com fôlego, o evento continuou com os alunos Fábio, Iolanda e Juliana em uma fala cheia de informações sobre Edson Nery da Fonseca. O grupo não se furtou a reproduzir o criticismo de Nery, desnudando seu olhar reprovador ao fazer bibliotecário vazio de conhecimento. Empolgado com seu objeto de pesquisa, Fábio também deu valiosas dicas sobre poemas de Manoel Bandeira  interpretado por Edson Nery,  e a aluna Karin contribuiu citando a revista Piauí com uma extensa matéria sobre o lendário bibliotecário.

Karin de Oliveira
    Uma grande inovação do evento deste ano foi a inclusão de um nome muito contemporâneo e ainda muito atuante, jovem e visionário: Yara Rezende, a bibliotecária por trás de algumas razões do sucesso da Natura. Patrícia e Karin mostraram todo o processo que a levou a criar uma cosmetoteca, a primeira biblioteca brasileira de cosméticos. A professora Andreia Gonçalves complementou como a Yara já tinha muito claro o conceito de acervo virtual e que testemunhou que o que foi montado na Natura era 100% virtual, sem absolutamente nenhum exemplar físico.

    Com com uma mensagem de luta e defesa da profissão, as alunas Ionara, Maria Luma, Janaína, Érica e  Andressa Moraes falaram sobre a atual presidente do Conselho Federal de Biblioteconomia, Regina Celi de Souza. O grupo apresentou uma cronologia da vida profissional de Regina Céli, mencionando como ela se interessou pela área de Biblioteconomia, sua atuação no Conselho Regional e no Sindicato. Ao final, mostraram um video sobre a trajetória de Regina, que você pode conferir abaixo:






  Também apresentaram as aluna Ana Serpeloni, Maria Isabel e Sueli, mostrando o grande legado de Melvil Dewey, e Andrea, Cleusa, Karin, Lilian e Mariana, com um interessante panorama sobre a bibliotecária Carminda Nogueira de Castro Ferreira.


   Em mais esta edição, o Bibliotecário Nota 10 prova que continua se desenvolvendo e cumprindo seu objetivo, que é despertar o interesse  do aluno pela pesquisa científica através da experiência de projetar e produzir um banner dentro de determinadas exigências. Alunos se disseram, ao final, apaixonados pelas suas personagens:




Regina Porto




“Até hoje de manhã, eu pensava que só o Rubens Borba de Moraes era apaixonante, mas acabei de descobrir que todos são!”, confessou Regina Porto, do matutino.







             

Distribuição dos grupos do Bibliotecário Nota 10 edição 2013

Banner Aldo Barreto
Alunos: Andressa , Mônica e Marcos Issa (matutino)

Banner Heloísa Almeida Prado
Alunas: Aldimeri Moreira de Souza, Carla Lusquinho de Oliveira, Deizana Cardoso Nascimento, Ingrid Aparecida Cordeiro da Silva e Rosa Cristina de Moraes Assis Costa (noturno)

Banner Manoel Bastos Tigre
Alunos: Luíz Carlos do Nascimento, Camila Aparecida Perroni, Joana Alves da Silva, Renatha de Oliveira Barbosa e Renata Fernandes Reis.(matutino)

Banner Brinquet de Lemos
Joseli Garcia, Carina Barasino, Beatriz Oliveira, Edilene Gomes e Thalita Oliveira (noturno)

Banner Rubens Borba de Moraes
Alunos: Samuel Frison, Priscila R. Barbosa, Luana Cauê, Regina Porto e Nathalia Viccari (matutino)

Banner Laura Russo
Alunas: Regina, Simone, Ivane e Raira. (noturno)

Banner Ranganathan
Alunos: Camila Weber, Isabela Martins, Emerson Tadeu, Vitor Anthero e Karen Ui (noturno)

Banner José Ephin Mindlin
Alunos: André Felipe Meira, Elisabeth Zemuner, Lívia Santos, Luiz Augusto e Michelle Correa. (noturno)

Banner Paul Otlet
Alunos: Rodolpho Pavan, Edson Athur Alves da Silva, Bárbara de Oliveira, Hernani Correa Medola e Ana Paula Martins (noturno)

Banner Charles Ammi Cutter
Alunas: Mônica Gonçalves Dias, Letícia, Priscila, Cristina,  (noturno)

Banner Edson Nery da Fonseca
Alunos: Fábio Luiz M. Afonso, Iolanda Rodrigues, Juliana Gomes Lopes e Cristiana Ramos (noturno)

Banner Yara Rezende
Alunas: Karin Bezerra de Oliveira, Patrícia Morais Lassance Cunha, Raquel Nascimento e Sylvia Cristina Tristão de Mello.(matutino)

Banner Regina Celi de Souza
Alunas: Andressa de Medeiros Moraes, Érica Claudino, Janaína Silva Macedo, Maria Ionara Lourenço da Silva e Maria Luma de Oliveira.(noturno)

Banner Melvil Dewey
Alunas: Ana Serpeloni, Maria Isabel Cabral, Sueli do Carmo Oliveira (matutino)

Banner Carminda Nogueira de Castro Ferreira
Alunas: Andrea Takahashi, Cleusa F. Nascimento, Karin Eiko Camilo, Lilian Moraes e Mariana N. de Sá (matutino)


 

3 comentários:

  1. Excelente post. Participar deste evento foi genial e inspirador. Esses mestres nos deixam lições maravilhosas. Agradecemos também a professora Maria Rosa Crespo pela oportunidade mais uma vez!

    ResponderExcluir
  2. Obrigada pela sua participação, PALAVRAMUNDO, foi realmente um evento memorável! Continue acompanhando o blog da Monitoria.

    ResponderExcluir
  3. Em tempo, façamos aqui uma pequena "errata":

    Banner Melvil Dewey
    Alunas: Ana Serpeloni, Maria Isabel Cabral, Sueli do Carmo Oliveira"(noturno)" ao invés de (matutino)!

    No mais, cabe aqui uma confissão: não pude comparecer no dia da apresentação e sinto muitíssimo por isso. Mas, essa contrição foi substituída por essa agradável leitura! Aliás, a aparência do blog está convidativa, na medida para prosseguir de maneira confortável e interessada pelo texto em questão, curtindo as imagens captadas com arte e espontaneidade, e ainda sorver um café enquanto confiro a entrevista da Regina Celi de Souza no Youtube.

    Assim, trouxe alívio à minh´alma curtir as paixões do Dia do Bibliotecário.

    Obrigada e parabéns!

    ResponderExcluir