sexta-feira, março 22, 2013

Trabalhos de estatística de 2012 alcançam excelência


 

 O dia-a-dia do bibliotecário envolve algo a mais que indexação, catalogação e atendimento ao usuário: entre as competências que o estudante deve desenvolver está a capacidade para o levantamento de estatísticas variadas. Alunos de Estatística Aplicada viveram essa experiência em variados trabalhos de pesquisa no ano passado e algums mereceram a recomendação para publicação por sua excelência nos resultados e produto final.
Saiba um pouco como a estatística pode ser utilizada pelo profissional de informação para optimizar processos e auxiliar na tomada de decisões:




   A bibliotecária Maria Edite de Souza Bispo, que atua na biblioteca da Câmara Municipal de São Paulo, elabora a estatística do movimento da biblioteca a partir da coleta de dados referentes  à circulação dos livros e dos usuários.  Posteriormente, esses dados podem ser trabalhados em gráficos que trazem resultados que vão nortear a elaboração de uma política de formação e desenvolvimento de coleção.

 "A estatística na bilbioteca é muito importante para se estabelecer e realizar as devidas alterações na política administrativa e técnica do setor", diz a bibliotecária. "Para se  fazer um pedido de compra de livros, por exemplo, ou para o monitoramento de uma atividade, emprega-se a estatística", afirma a profissional.

    A Professora Roseli Gatti ministra a disciplina Estatística Aplicada para o 4º semestre do curso de
Professora Roseli Gatti
Biblioteconomia. A docente tem especial atenção ao trabalho final de pesquisa e explica como ele acontece:

“O trabalho de pesquisa visa aplicar a teoria da disciplina de estatística na prática, este tipo de trabalho vem sendo realizado há alguns anos, e tem sido muito bem aceito pelos alunos. O trabalho é integrado com as disciplinas de Estatística e Metodologia e suas etapas são :

1) A escolha do tema e o local em será realizada a pesquisa deverá ser aprovado pela profa. responsável (Roseli);
2) Realização de um questionário com perguntas abertas e fechadas;
3) Análise do tamanho da amostra para determinar a aplicação do método de pesquisa;
4) Aplicação do questiónario;
5) Orientação da Profa. Roseli para utilização dos fundamentos de estatística e análise dos dados coletados;
6) Orientação da Profa. Vânia para utilização das normas da ABNT na montagem do trabalho.
7) Apresentação do trabalho em sala de aula.

Juntamente com a Professora Vânia Funaro, escolhemos o melhor trabalho de pesquisa para publicação."
   
A professora Roseli lembra que alguns trabalhos de pesquisa são utilizados para o desenvolvimento dos Trabalhos de Conclusão de Curso (TCCs).

Em 2012, a Professora recebeu excelentes trabalhos, e dá um recado para seus próximos alunos: "Quero divulgar os trabalhos que foram recomendados para publicação para incentivar meus próximos alunos, hoje no 3º semestre, a fazerem trabalhos cada vez melhores."

Alguns dos trabalhos de 2012 que mereceram o elogio das Professoras Roseli e Vânia foram: “Quem és tu?”, de Rafael Reche e Beatrix Gabrielli, do 5º semestre matutino; e “Pesquisa de satisfação ao uso do site da Biblioteca da FAAP", de Filipe Prado e Rodrigo Martins, do 5º semestre Noturno. Ambos foram indicados para publicarem seus trabalhos em revistas científicas.


Catedral, de Frantisek Kupka (óleo sobre tela, 1913), utilizada em "Quem és tu?"

 A partir da oferta de várias obras de arte, "Quem és tu?" mostra o levantamento das preferências de sua população de pesquisa ao responder à pergunta: no momento de nossas escolhas (de obras de arte), o que nos baseia é nossa razão ou nossa emoção? Assim, Rafael e Beatrix puderam traçar perfis dos entrevistados: uma porcentagem revelou-se mais emocional, outra,  mais racional.









O site da biblioteca da FAAP
 E também a análise de um serviço online pode gerar estatísticas que podem embasar sua usabilidade e optimização. Foi o objetivo da dupla Filipe e Rodrigo ao examinarem a qualidade e a utilização dos serviços oferecidos pelo software Pergamum da Biblioteca Central da Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP). A população envolvida na pesquisa era composta de funcionários, alunos e professores, em análises quantitativa e qualitativa.



Leia sobre como ocorreu o processo de elaboração do trabalho para esses alunos:


Rafael e Beatrix
A experiência do trabalho não só foi interessante pela integração das matérias de estatística e metodologia como pela característica de liberdade de poder escolher qualquer tema, para abordá-lo de uma forma prazerosa aliada à caminhada de desenvolvimento acadêmico. É engraçado pensar que de inicio tínhamos aquela vontade natural de fazer algum trabalho de temática interessante e nova, mas quanto mais nos reuníamos para tentar descobrir sobre o que queríamos falar mais longe de um tema definido ficávamos. Foi a partir de uma conversa casual sobre uma formação paralela que realizávamos sobre historia da arte que a ideia surgiu, assim, sem sacrifício, como se já estivesse plantada em nossas mentes desde o inicio e apenas não desse as caras por preguiça. Foi uma experiência inexplicavelmente construtiva e enriquecedora, pois possibilitou  colocar à prova  - de forma simples e prazerosa para nós - que o bibliotecário é o profissional que tem a OBRIGAÇÃO de passear, xeretar, palpitar e se aprofundar em toda e qualquer  área do conhecimento e aprender novas coisas diariamente. Não hesitaria em viver essa experiência novamente.

Beatrix Gabrielli

Realizamos este trabalho com total confiança e discernimento. A arte por muitos é uma expressão pessoal e intangível, e conhecê-la, mesmo que superficialmente, é lindo. Realizamos este trabalho com total apoio da nossa docente, à Senhora Roseli Gatti. O gosto pessoal pelo tema foi grande e fortificante para desenvolvê-lo com mais prazer. Esperamos, com o decorrer de nossa jornada acadêmica, realizar tarefas sempre com o total prazer igualmente realizada neste trabalho

Rafael Reche



Em qualquer estágio da vida de estudante, realizar um trabalho acadêmico gera aquele frio na barriga, aquela sensação de que não vai dar tempo ou de que teremos um trabalho hercúleo pela frente; neste trabalho das disciplinas de Estatística e de Metodologia Científica Aplicada ao TCC não foi diferente, entretanto, além dessa sensação inicial podemos incluir a certeza de missão cumprida! (e comprida)!
Não, não foi a união de duas disciplinas que não se complementam; foi a junção de duas matérias que se reforçam, afinal devemos embasar nossos trabalhos com fatos e / ou números e estes não podem ser apresentados de maneira medíocre; uma metodologia deve ser seguida e executada. Assim pensamos e assim executamos ao levantar um problema, analisar, ponderar e expor as considerações.
Resultado obtido de maneira satisfatória que não será limitado às disciplinas propostas, o produto deste estudo será aplicado na instituição analisada em um período de curto prazo. Ademais, a execução deste trabalho integrado foi um “avant-première” do que vamos encarar no trabalho final de conclusão de curso, indubitavelmente.
Filipe Prado e Rodrigo Martins



Os trabalhos aqui mencionados estarão em breve à disposição para consulta no repositório digital da FESPSP.

3 comentários:

  1. 20 ela né..eu ja passei faz tempo.kkkkk

    ResponderExcluir
  2. Ai que delicia. Parabéns a TODOS, pq sei que todos os grupos - tanto matutino quanto noturno- se esforçaram bastante e fizeram otimos trabalhos. :)

    ResponderExcluir